Telmo Rudi Frantz. Foto: divulgação/UniRitter

Telmo Rudi Frantz é o novo reitor do UniRitter, instituição que integra a rede internacional de universidades Laureate.

Frantz substitui o professor Flávio D'Almeida Reis, que passa a ocupar a posição representativa de chanceler da UniRitter. Reis liderou, ao longo dos últimos anos, o processo de crescimento e transição de faculdade para Centro Universitário.

O novo reitor do UniRitter exerceu o mesmo cargo na Unijuí por dois mantados. Frantz também foi  vice-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação por oito anos na universidade sediada em Ijuí e secretário de Ciência e Tecnologia entre 1995 e 1998, durante o governo Antônio Britto.

O UniRitter conta com 8,5 mil alunos distribuídos em dois campi, localizados em Porto Alegre e em Canoas. São mais de 30 cursos de graduação, 33 especializações, quatro programas de Mestrado e um programa de Doutorado.

A lista de cursos inclui Ciência da Computação, Análise de Sistemas, Sistemas da Informação e Design de Games.

A UniRitter entrou no grupo Laureate em um negócio que não teve detalhes financeiros revelados no final de 2010.

Os americanos são donos de outras 11 instituições de ensino, incluindo a Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul e outros nomes como a Universidade Anhembi Morumbi e Universidade Salvador.

De acordo com dados da Hoper Consultoria, a Laureate é hoje o quarto maior grupo de ensino operando no Brasil, com faturamento de R$ 956 milhões e 145 mil alunos.

A líder é a fusão Kroton Anhanguera, com R$ 3 bilhões, seguido da Estácio, com R$ 1,4 bilhão e da Unip, com R$ 1,4 bilhão.

Os dados dados mostram que ainda há muita margem para consolidação. Existem 2 mil pequenas universidades no Brasil. A fusão Kroton e Anhanguera detém apenas 16% do mercado.