Arista rivaliza com Cisco. Foto: divulgação.

Um projeto da EMC, em parceria com a VMware, estaria usando equipamentos da Arista, rival da Cisco, em uma iniciativa de redes gerenciadas via software (SDN).

A informação foi revelada por fontes ligadas à EMC para a revista norte-americana CRN. Segundo destaca a publicação, os produtos da Arista estariam sendo usados no portfólio que essas duas empresas mantêm envolvendo serviços na nuvem e infraestrutura.

Apelidado de “Mystic”, incorpora os equipamentos Arista em um serviço de infraestrutura, e a VMWare trabalha no uso esta estrutura para o oferecimento de serviços públicos de armazenamento na nuvem.

O Mystic é uma iniciativa da EMC para competir com startups que oferecem serviços de storage virtual, uma oferta chamada de "hiperconvergente", unindo servidores, armazenamento, serviços de rede e virtualização, competindo com startups emergentes como Nutanix e SimpliVity.

Segundo a publicação, à medida que VMware e Cisco esquentam a concorrência no SDN, EMC e VMware uniram forças com a Arista para reduzir sua dependência à gigante Cisco.

Embora nem a EMC ou a VMware comentem as informações, o projeto chega no encalço de um IPO da Arista, que levantou US$ 200 milhões em março. A empresa é liderada pelo ex-executivo da Cisco Jayshree Ullal, que liderava a divisão de data center, switching e serviços da multinacional.

Fundada por Andy Bechtolsheim e David Cheriton, a Arista iniciou suas operações com um fundo de US$ 100 milhões. Em 2008, lançou seus primeiros produtos, usados em high frequency trading.

Atualmente, a empresa mantém parcerias com empresas como VMware, Microsoft, SAP AG, Palo Alto Networks, Riverbed Technology, Splunk Inc e F5 Networks.