Aplicativo saiu do ar no quinto dia útil, para fechar todas. Foto: Divulgação.

O aplicativo para smartphone e a página de Internet Banking do Itaú tiveram instabilidades ao longo de toda a segunda-feira, 07.

O problema começou durante a manhã, quando usuários começaram a relatar a falha no login. 

Ao tentar acessar o app, os clientes se depararam com a mensagem de que o banco está “melhorando seus serviços” e não conseguiam acessar a conta. 

De acordo com o site Downdetector.com.br, que monitora serviços fora do ar, as queixas sobre indisponibilidade só começaram a cair a partir das 20h.

O Itaú admitiu os problemas em nota e indicou aos clientes a procura de outros canais de atendimento, como o 0800, caixas eletrônicos as agências físicas. O banco não deu maiores detalhes sobre a origem do problema.

Para fechar todas, a falha aconteceu no quinto dia útil do mês, quando normalmente muitas contas vencem, ou pessoas aguardam pagamentos de salários.

Essa é a segunda falha dos sistemas do Itaú nas últimas semanas. Em abril, uma “falha sistêmica” provocou o não efetivamento de pagamentos agendados para o dia 10.

Os problemas do Itaú servem como uma lição de humildade para profissionais de TI em todas partes.

A instituição tem uma capacidade quase ilimitada de investimento e mesmo assim ainda enfrenta problemas.

Só para ficar em um exemplo mais conhecido, o Itaú inaugurou em 2015 um data center próprio em Mogi Mirim, no interior de São Paulo, com um investimento de nada menos que R$ 3,3 bilhões.

Não só o Itaú passa por apertos tecnológicos.

Em fevereiro, o Santander atravessou um “apagão” na sua área de tecnologia, deixando fora do ar serviços como cartões de débito e crédito, do internet banking e do aplicativo da instituição. 

Procurado, o banco disse que devido a uma “oscilação elétrica alguns serviços do banco ficaram indisponíveis” e que a “as operações estão sendo normalizadas”.