Loja da Havan, com a famosa estátua na frente. Foto: divulgação.

A GhFly, agência de marketing digital de Curitiba, acaba de implementar na Havan a ferramenta Local Inventory Ads (LIA) do Google.

A solução possibilita ao consumidor fazer uma pesquisa por um produto na web a partir do Google Shopping, clicar no anúncio que mais lhe interessar e, por meio do o e-commerce da marca, verificar se o item solicitado está disponível em uma loja física. 

Além disso, os anúncios LIA realizam uma integração direta com o Google Maps, que mostra o melhor caminho para que o consumidor chegue até o estabelecimento escolhido.

Para o projeto funcionar, a Havan teve que fazer uma integração do LIA com sua plataforma de e-commerce da VTEX e também com o controle de inventário do seu sistema de gestão, desenvolvido internamente.

“O LIA é mais uma maneira de nos conectarmos aos nossos clientes e um diferencial digital para direcioná-los as lojas físicas. É perceptível o aumento do fluxo de clientes para as lojas físicas com as campanhas ativas, de forma estratégica e agressiva”, afirma Jordan Hang, coordenador de E-Commerce da Havan

De acordo com a GhFly, trata-se de um projeto dentro do conceito de omnichannel pioneiro no mercado brasileiro. O LIA ainda está em beta e é disponibilizado pelo Google apenas para o Brasil, Austrália, Canadá, França, Alemanha, Japão, Reino Unido e Estados Unidos.

A GhFly atende a Havan desde 2014. A empresa atende cerca de 100 clientes, incluindo nomes como FastGames, Grupo Sage e Tray/Locaweb.

Já a Havan é uma rede de lojas de departamentos catarinense conhecida pela decisão do dono de usar réplicas da Estátua da Liberdade nos seus estacionamentos.

A empresa tem 107 lojas em 15 estados brasileiros. As novas unidades da empresa serão megalojas de 6 a 7 mil metros quadrados com cerca de 100 mil produtos e praça de alimentação, além de salas de cinema da rede Cine Gracher em algumas unidades.