iZettle lança o leitor Lite no Brasil. Foto: divulgação.

A iZettle, provedora de serviços de pagamentos móveis ligada ao banco Santander, anunciou o lançamento nacional do leitor de cartões Lite, voltado a empresários de micro e pequenos negócios.

Funcionando através de conexão via cabo na saída de áudio dos smartphones e tablets, o acessório tem funcionamento semelhante a produtos como o norte-americano Square e o Buscapé, no Brasil, que usam o leitor ligado a um app móvel.

O Lite está disponível no site da iZettle por R$ 299, parcelado em até 12 vezes de R$ 29,92. Para clientes do banco Santander, a máquina pode ser adquirida com 50% de desconto.

O preço reduzido e a sua necessidade de utilização de um dispositivo móvel coloca o produto em uma faixa diferenciada de outras ofertas, como a Moderninha, do PagSeguro, que opera individualmente e custa na faixa dos R$ 500. Entretanto, para a iZettle, o Lite serve como uma porta de entrada para autônomos e micro empreendedores.

“Mais de 40% dos pequenos negócios no Brasil ainda não aceitam pagamentos com cartão, o que nos dá a certeza de que o mercado brasileiro de pagamentos móveis ainda está no início do seu ciclo de desenvolvimento", avalia Anders Norinder, CEO da iZettle no Brasil.

Outra manobra da iZettle para ganhar share foi a redução de suas taxas por transação, cortando a taxa de débito de 3,99% para 2,99% e a de crédito de 5,99% para 4,99%. Entretanto, a taxa por parcela foi aumentada de 1% para 1,79%.

O leitor de cartões de Chip & Assinatura, apenas para vendas no crédito, será descontinuado no Brasil. A partir de agora, o leitor de Chip & Senha - para débito e crédito - passa a ser chamado de Pro.