Baguete
InícioNotícias> Gaveteiro recebe aporte de R$ 15 mi

Tamanho da fonte:-A+A

E-COMMERCE

Gaveteiro recebe aporte de R$ 15 mi

Júlia Merker
// sexta, 08/06/2018 10:13

O Gaveteiro, e-commerce B2B focado em MRO (manutenção, reparo e operações), recebeu um novo aporte de R$ 15 milhões.

Joshua Kempf e Benedikt Voller, fundadores do Gaveteiro. Foto: Divulgação.

Com isso, a empresa totaliza R$ 35 milhões em investimentos ao longo dos seis anos de mercado. 

O novo investimento foi feito por Alberto Hauser, acionista de Grupo ABX, um das maiores fabricantes de distribuidores de aço do México, e pelos fundos Valiant Capital, Thomasnet.com e Battery Road Digital Holdings.

A partir do montante recebido, a empresa investe na mudança da sede, na criação de uma nova operação logística, na entrada na área editorial e na criação de um novo B2B marketplace.

Com isso, passa a atuar com um novo escritório de 600 m² e um novo centro fabril com mais de 5 mil m² em Barueri. O antigo ficava na Barra Funda e tinha 1.500 m². 

No novo site, a empresa passa a contar com oito docas para movimentação de mercadoria e terá capacidade de processar em torno de 150 mil itens por dia. 

“Nossa meta é atingir um faturamento de R$ 1 bilhão nos próximos cinco anos. Para isso, temos que nos preparar em todos os sentidos e estamos dando os primeiros passos importantes”, explica Joshua Kempf, CEO do Gaveteiro.

A novidade na área editorial vem com a compra da publicação NEI, revista voltada para o mercado industrial com 44 anos de mercado que traz trimestralmente os principais lançamentos de produtos e serviços industriais. A publicação tem mais de 60 mil leitores.

“Acreditamos que é uma fórmula de sucesso fazer a convergência de uma operação de comércio com uma empresa de conteúdo. Com essa movimentação, nossa ideia é potencializar as vendas online pelos dois canais, o próprio Gaveteiro e agora pelo portal da NEI", diz o CEO.

Ele destaca que a integração das operações vai permitir a criação de um marketplace com o objetivo de facilitar a dinâmica de compras do setor. 

“Vamos atender a necessidade de toda a cadeia, possibilitando a compra desde produtos do dia a dia até os mais específicos e técnicos. O cliente poderá encontrar tudo em um único lugar e o anunciante pode atingir um público enorme de compradores PJ. O marketplace está previsto para ser lançado em dezembro deste ano”, explica.

A empresa foi fundada no Brasil pelo americano Joshua Kempf e pelo alemão Benedikt Voller. Para empreender, os dois executivos deixaram seus empregos em multinacionais estrangeiras – Goldman Sachs e Groupon.

Em 2017, o e-commerce registrou R$ 41 milhões de faturamento. A meta é faturar R$ 60 milhões em 2018 e chegar a R$ 1 bilhão nos próximos cinco anos. Até 2028, o objetivo é atingir receita de R$ 3 bilhões.

O Gaveteiro trabalha com mais de mil fornecedores de produtos nas áreas de EPI, ferramentas, embalagens, construção civil, alimentação, fixação, hidráulica, higiene, e materiais para escritório, disponíveis em sua plataforma eletrônica. O negócio permite que os clientes mantenham lista de compras personalizadas e comprem com boleto faturado e descontos.

Júlia Merker