COBRANÇAS

Intervalor tem negócio de soluções em TI

08/07/2014 11:46

Empresa espera que participação da Novigo no faturamento da holding dobre em um ano.

Phelipe Alvarez, diretor comercial e de marketing da Intervalor Holding.

Tamanho da fonte: -A+A

A Intervalor Holding, empresa especializada em serviços de crédito e cobrança, apresentou no início de junho a Novigo, seu braço de soluções tecnológicas para o mercado de cobranças.

Em mais de 14 anos de atuação na área de serviços financeiros e faturamento previsto de R$ 160 milhões para 2014, a Intervalor sempre desenvolveu soluções de tecnologia para uso próprio.

No entanto, em 2008 a equipe percebeu que as soluções desenvolvidas internamente poderiam ser utilizadas em muitas outras áreas, e começou a comercializar os sistemas.

Agora, a área de desenvolvimento e venda de soluções está separada em uma nova empresa, que terá uma direção e uma equipe de TI próprias. A estrutura da nova marca conta com aproximadamente 60 pessoas.

Segundo a empresa, a porcentagem da Novigo nesse valor ainda será pequena. Sem abrir os números, Alvarez afirma que espera dobrar o índice em um ano.

Um dos sistemas comercializados é o Creditsee, uma solução de esteira de crédito com recursos para decisão automática de julgamento.

Outro exemplo é o Watchdoc, uma plataforma de workflow com recursos de captura de documentos e análise de imagens para aprovação, pagamento e formalização de crédito.

“Esperamos mostrar ao mercado que estamos preparados para desenvolver soluções e serviços voltados para a automação de processos de negócio, especificamente focados em eficiência e otimização”, comenta Phelipe Alvarez, diretor comercial e de marketing da Intervalor Holding.

Segundo Alvarez, a Novigo acompanha a estratégia de crescimento da Intervalor, que visa ao alcance de setores além do financeiro, especialmente o de saúde, construção civil e financiamento estudantil.

Para Rafael Matos, diretor de TI da Novigo, a solução Fastclaim, voltada para áreas de SAC e ouvidoria, tem potencial para atingir muitos segmentos.

"Temos a possibilidade de buscar clientes de menor porte com esse sistema, o que cria uma expectativa boa, por ampliar o número de possíveis usuários", explica.

No segmento de cobranças, há concorrentes da Intervalor utilizando os sistemas desenvolvidos na holding.

"Isso é algo natural, pois não vamos deixar de atender clientes, e vemos isso como um crescimento e uma sinergia", relata Alvarez.

O mercado de empresas de cobrança está em alta no Brasil. Desde 2003, o volume de crédito disponível no país disparou, passando de 24% do PIB em 2004 para 53% no começo de 2013.

Com metade desse crédito em mãos de pessoas físicas, isso significa uma grande massa de inadimplentes, “atendidos” com um número estimado em 1 mil empresas de cobrança no país. 

A Intervalor é uma das grandes desse segmento, com cerca de 3 mil colaboradores em seis unidades: São Paulo, Osasco, Curitiba, Recife, Salvador e Rio de Janeiro.

Veja também

BI CUSTOMIZADO
iMaps: Qlikview no setor de cobrança

Empresa gaúcha oferecerá um pacote customizado e atrativo para pequenas empresas do setor.

MERCADO FINANCEIRO
Espaço Inovação do CIAB reúne 20 PMEs

Espaço Inovação é uma oportunidade de aproximar startups brasileiras e o setor financeiro. 

FEATURE PHONES
Facebook adquire a finlandesa Pryte

Pryte procura tornar mais fácil o uso de serviços on-line para consumidores sem planos de dados.

ESTRATÉGIA
Santander: nada muda na GetNet

Banco inaugurou centro Tier 4 em Campinas, mas não absorverá operação da empresa gaúcha.

PAGAMENTOS ONLINE
Moip adota sistema Matera Banco

A adoção do sistema faz parte da adaptação à primeira regulamentação do setor de pagamentos online,

BPO
Honeywell: Capgemini para financeiro

A Capgemini fornecerá serviços de contabilidade geral e Procure-to-Pay.

FINANCEIRO
App ContaSuper inclui apostas na loteria

A Super é uma empresa de meios de pagamentos eletrônicos que começou em setembro de 2010.