O Twitter divulgou na terça-feira, 7, mudanças em sua plataforma de anúncios. Foto: Bloomua/Shutterstock.

O Twitter divulgou na terça-feira, 7, mudanças em sua plataforma de anúncios. A empresa abriu a possibilidade para pequenas e médias empresas utilizarem o Twitter Ads.

Até agora, o sistema de publicidade era restrito a empresas maiores, com a exigência mínima de US$ 7 mil em investimentos por trimestre e a obrigação de contar com uma agência de publicidade. 

Com a mudança, essas regras deixam de existir, tornando a área acessível para empresas menores. Elas poderão colocar os anúncios diretamente na rede e determinar qual seu público-alvo.

Segundo o Twitter, as pequenas e médias empresas poderão lançar campanhas vinculadas a objetivos, alcançar públicos específicos e otimizar campanhas pagas. 

Em maio, o Twitter contratou Gabriela Comazzetto como diretora de vendas de pequenas e médias empresas para o Brasil. A executiva estava na Microsoft, onde atuou por 10 anos.

A estratégia de atrair empresas pequenas já é uma realidade no Facebook. No segundo semestre de 2014, a base de anunciantes ativos da rede social subiu para 2 milhões, um crescimento de 33% em relação ao registrado em julho de 2014.

Segundo a empresa, a grande maioria dos anunciantes, definidos como aqueles que colocaram uma propaganda na rede social nos últimos 30 dias, é composta por pequenas e médias empresas. Cerca de 30 milhões de proprietários de pequenas empresas têm páginas na rede social.

A companhia afirma que os pequenos anunciantes tendem a gastar em média entre US$ 5 e 50 por dia, frente a milhões investidos anualmente por grandes empresas.