EDUCAÇÃO

Kroton aciona TIM para crescer EaD mobile first

08/07/2021 12:07

A operadora vai captar novos alunos na sua base e pode ficar com até 30% da startup Ampli.

Roberto Valério, CEO da Kroton. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Kroton, vertical B2C de ensino superior da Cogna Educação, fechou um negócio com a TIM, uma das principais operadoras de telefonia do país, para a expansão da Ampli, uma startup criada em 2019 com cursos no conceito mobile first.

Segundo o site Brazil Journal, a operadora vai atuar em todos os pontos de contato com o cliente, oferecendo ativamente mais de 250 cursos de graduação e pós-graduação, além de mais de 400 cursos livres na plataforma. 

De acordo com as captações de alunos que realizar, a TIM poderá se tornar acionista minoritária, com até 30% da Ampli.

A cada matrícula que atrair, a operadora ganhará uma comissão, além de um crédito em equity. No final do ano, se ultrapassar a meta, terá uma bonificação. Se for aquém do esperado, será penalizada.

“Não é só um acordo de vendas: é uma parceria estratégica e com total alinhamento de interesses. Eu te ajudo a crescer, mas quero ser parceiro desse crescimento. Não mudaria pra mim pegar só uma comissão dessas vendas, o que eu quero é participar da valorização desse negócio”, explicou Pietro Labriola, CEO da TIM, ao Brazil Journal.

Na nova sociedade, a Kroton aportará sua plataforma tecnológica, conteúdos, credenciamento EaD e marca, além do time de gestão. A empresa estima crescer em 20% sua captação anual de alunos no segmento a distância, que em 2020 foi superior a 400 mil alunos.

A partir do acesso à base de 50 milhões de clientes da TIM distribuídos em mais de 4,2 mil municípios brasileiros, a companhia projeta um forte potencial de crescimento para a Ampli — com pelo menos 80 mil novos alunos por ano.

“Com essa parceria, damos um importante passo na consolidação do nosso propósito, dando acesso à educação de qualidade, por meio da alta penetração de celulares na população brasileira, independentemente da localização e com custo acessível”, afirma Roberto Valério, CEO da Kroton.

Com a proposta de consumir o mínimo de dados e memória do aparelho celular, a Ampli oferece cursos com duração entre 18 meses e 36 meses, com aulas que não levam mais de 10 minutos, ingresso semanal do aluno e free trial do seu portfólio por 30 dias.

Atualmente, a startup conta com mais de 15 mil alunos matriculados, uma fração dos 650 mil alunos de EaD da Kroton. Entre investimentos diretos e ativos que foram colocados na empresa, a Kroton já investiu quase R$ 250 milhões na Ampli.

Esta é a segunda parceria da TIM para explorar outros negócios além de seu core business. No ano passado, a operadora fez um acordo semelhante com o C6 para ficar com até 15% do banco digital. Desde então, já originou 2,8 milhões de novas contas para a fintech.

Segundo o Brazil Journal, a operadora deve anunciar um terceiro negócio em breve, desta vez no setor de saúde.

A TIM nasceu em 1995 no Brasil após a divisão das atividades de telefonia fixa e móvel da Telecom Italia. Em 2020, a empresa listada na B3 e na NYSE lucrou R$ 1,8 bilhão, baixa de 49,1% em relação ao ano anterior.

Fundada em 1966, a Kroton está presente em 1.221 municípios e conta com 131 unidades próprias sob as marcas Anhanguera, Fama, Pitágoras, Unic, Uniderp, Unime e Unopar — que somam 920,6 mil estudantes do ensino superior em todo o país.

Veja também

EDUCAÇÃO
Descomplica compra UniAmérica

Mirando expansão, a edtech pretende investir até R$ 1 bilhão nos próximos três anos.

GAMIFICAÇÃO
Raízen treina motoristas com Sábios

Com a plataforma, a companhia pretende capacitar cerca de 500 profissionais terceirizados.

EDUCAÇÃO
Unesc: especializações on-line com UOL EdTech

A universidade catarinense vai oferecer 10 cursos de pós-graduação e MBA na plataforma.

CHATBOT
Alicerce Educação atende alunos com Botmaker

Com aulas online e presencial, a edtech usa o bot para atender mais 64 mil mensagens por mês.

TENDÊNCIA
Blue: mais uma edtech no modelo ISA

Traduzindo: faça um curso de programação e pague quando estiver empregado.

EDUCAÇÃO
FIA utiliza Alexa na pós-graduação e MBA on-line

Até o final de abril, a Uol EdTech está oferecendo o dispositivo Amazon Echo Dot a novos estudantes.