Ricardo Felizzola. Foto: divulgação.

O empresário Ricardo Felizzola receberá da Assembléia Legislativa gaúcha na próxima terça-feira, 12, a Medalha Mérito Farroupilha, distinção destinada a pessoas que contribuíram para o desenvolvimento econômico, social e cultural do Rio Grande do Sul.

Sob proposição do deputado Márcio Biolchi (PMDB), o executivo se junta a outros empresários locais que receberam a comendação: Jorge Gerdau, Julio Motim, Raul Randon, Paulo Belini, Clóvis Tramontina, Claudio Zaffari, entre outros.

Ricardo Felizzola é Presidente do Conselho de Administração da Parit S/A, uma holding de investimentos que trabalha para desenvolver suas empresas controladas com padrão de gestão, capacidade tecnológica e inovação. A Parit é controladora da HT Micron, Altus e Teikon, das quais Felizzola é sócio-fundador.

Seu último empreendimento, a HT Micron, com investimento previsto em torno de R$ 200 milhões, é resultado de uma Joint Venture com a sul-coreana Hana Micron. Em abril, a fábrica da empresa, em São Leopoldo, foi inaugurada.

A meta da HT é chegar a capacidade máxima de 360 milhões de chips/ano, com o qual poderia atender a cerca de 25% da demanda nacional por estes produtos – um mercado que movimenta cerca de US$ 25 bilhões no país.

Felizzola também é vice-presidente da Ciergs, onde coordena o Conselho de Inovação e Tecnologia; Presidente do Conselho de Qualidade do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade(PGQP); participante ativo da Agenda 2020 e do movimento Educação para Todos.

Natural de Porto Alegre, RS, é engenheiro, com mestrado em Ciência da Computação da Universidade da UFRGS, Felizzola é professor universitário e foi o mais jovem empresário a receber o título de empresário do ano pelo Jornal do Comércio.