Marco Fontenelle, diretor da Imperva na América Latina. Foto: Divulgação.

A Imperva contratou Marco Fontenelle como diretor de vendas indiretas na América Latina. Nos últimos três anos, o executivo liderou a área de parceiros da BMC no Brasil.

Antes, Fontenelle foi vice-presidente da ASG na América Latina por um ano. Entre 2009 e 2013, ele atuou como diretor de canais na VMware. O executivo ainda passou por Citrix e Netscout.

No Brasil, a Imperva contou com Abílio Branco como country manager entre maio de 2016 e maio de 2017. Ele deixou a companhia para assumir, em junho deste ano, a função de COO da Aker N-Stalker, focada em soluções de segurança para aplicações web.

A Imperva tem presença no Brasil há seis anos, mas tem passado por reestruturações no último ano.

De acordo com o Security Report, a reduziu drasticamente seus parceiro de 50 para 10 em 2016, apostando em capacitação e treinamento.

Com foco em soluções de segurança de aplicações e dados críticos, a norte-americana Imperva fechou o segundo trimestre de 2017 com faturamento de US$ 74,4 milhões. O valor representa um crescimento de 29% em relação ao mesmo período do ano passado. 

Para o ano de 2017, a companhia espera uma receita total de US$ 319,8 milhões a US$ 322,8 milhões.