Usina de branqueamento da Suzano. Foto: divulgação.

A Suzano, empresa nacional na produção de papel e celulose, adotou o uso de banco de dados em memória SAP Hana, como parte do processo de upgrade de seu ERP da empresa alemã.

A implantação partiu da necessidade de atualizar e integrar as operações de gestão da empresa em uma plataforma única, o que exigiu atualizar o ERP SAP da versão 4.7 para a 6.0. A informação é do IT Forum 365.

O projeto consumiu investimento de cerca de R$ 12 milhões da companhia e foi realizado em duas etapas. De junho de 2013 a março deste ano foi realizada a atualização do ERP. A integração dos processos foi finalizada em setembro.

Segundo Antônio Augusto Dias Cruz, diretor de TI da Suzano, a disposição da empresa para atualizar o sistema de gestão foi o que facilitou a adoção do Hana. Além disso o executivo destacou o interesse de SAP em fazer este upgrade, visto que a Suzano é um cliente de porte da empresa alemã - é a terceira maior produtora de papel do mundo, com uma média de faturamento anual na casa dos R$ 1,5 bilhão.

Além de integrar as quatro áreas de negócios da Suzano (papel, celulose, florestal e biotecnologia), o Hana também turbinou o setor de biotecnologia, responsável pelo estudo e desenvolvimento de material genético, dando maior volume de dados em menor espaço físico.

“Podemos mensurar toda a capacidade de geração de papel e celulose versus espaço que nós temos versus tempo disponível. Agora conseguimos ensaiar análises correlacionais, análises preditivas, tudo baseado em modelos de big data”, avalia Cruz.

De acordo com o diretor de TI, embora a integração de sistemas foi há pouco tempo concluída, os resultados já são percebidos, com mais velocidade em processos e análises.

"Alguns processos específicos, como fechamento e cockpit de custos, estão muito mais performáticos com o Hana, o que se traduz em tempo de fechamento mais rápido”, conclui Cruz.