A AIESEC oferece intercâmbios para estudantes em startups da América Latina. Foto: nito/Shutterstock.

A AIESEC, organização de intercâmbios profissionais conhecidas por seus programas em empresas consolidadas, decidiu ampliar o escopo e passar também a incluir startups na América Latina.

No momento, há vagas nas áreas de gestão, marketing, design e TI em empresas de países como México, Colômbia, Chile e Guatemala.  

No total, são cerca de 60 vagas disponíveis em até 40 startups. A viagem do primeiro grupo de intercambistas do programa será em outubro. 

Para preparar os estudantes, a AIESEC promove momentos de preparação para a entrevista com o recrutador e para a confecção de currículo no modelo internacional. Depois de aprovados, os alunos participam de encontros para aprender sobre a cultura do local do intercâmbio.

Além de promover uma oportunidade para os estudantes se envolverem com negócios inovadores, a AIESEC acredita que as startups se beneficiam dos conhecimentos específicos dos estudantes.

“Muitas vezes os sócios das startups tem muitas qualidades técnicas da área de atuação, mas muitas empresas não vão para frente pela falta de pessoas atuando em outras atividades dentro da empresa ou pela falta do perfil empreendedor”, explica Laura Barcelos, vice-presidente de intercâmbios profissionais da AIESEC Porto Alegre.

No México, a startup Torneo de Ideas tem uma vaga para desenvolvedor PHP. A empresa é responsável por um portal que conecta pequenas empresas em busca de serviços como confecção de logos com designers.

A startup chilena Evoluzion procura um gerente de desenvolvimento de produto. A companhia tem um portal focado em conectar pessoas de acordo com seus planos turísticos, com o intuito de promover um intercâmbio cultural.

Também estão no programa as empresas chilenas Bissen, focada em internet das coisas; Guru del Emprendimiento, que ajuda empresas recém-fundadas a encontrarem contatos relevantes; Buffer, focada em educação digital, entre outras.

O intercâmbio tem duração de 6 a 12 semanas. Durante o período, o intercambista recebe acomodação e uma refeição diária. 

Para participar é necessário ter entre 18 e 30 anos, ser estudante de graduação, pós-graduação ou profissional formado há até dois anos, além de falar espanhol ou inglês com nível intermediário.

A AIESEC é uma organização global focada no desenvolvimento de lideranças. A entidade promove há anos programas de intercâmbio para unir jovens a grandes empresas como Danone, Itaú e Votorantim. Companhias de mais de 100 países participam do projeto.

As inscrições para o programa de startups podem ser feitas pelo site da AIESEC clicando na modalidade Talentos Globais.