Foto: reprodução Instagram / Santlov

A Cellebrite, fornecedora de soluções móveis para análise forense, apresentou uma tecnologia capaz de extrair dados apagados ou ocultos em equipamentos iPhone 5 e nos sistemas operacionais iOS-6, Android 4.1 e em  dispositivos BlackBerry.

O serviço permite que as forças policiais tenham dados forenses para investigações criminais envolvendo os mais novos modelos de smartphones e suas plataformas.          

Com as novas aplicações é possível aos investigadores identificar e comprovar situações  como a de um álibi forçado ou de conspirações criminosas utilizando estes aparelhos. Segundo a Cellebrite,  a tecnologia também recupera e desvenda dados de  geolocalização.

O suporte avançado inclui a decodificação de mensagens apagadas do BlackBerry Messenger ou grupos de chat e a extração física de dados do iOS 6.

Outra facilidade é a extração de todos os dados ocultos e deletados de dispositivos que executam o Jelly Bean OS, da Samsung, bem como desvios de código PIN ou bloqueios de senhas em dispositivos Android.

A Cellebrite diz que a tecnologia é usada por um grande número de forças policiais e departamentos militares em todo o mundo.