Patricia Knebel e Patrícia Comunello, as autoras do livro.

O Seprorgs, sindicato de empresas de TI do Rio Grande do Sul, teve seus 30 anos de história contadas no livro “Seprorgs – plataforma de apoio aos negócios da era digital”, das jornalistas Patrícia Knebel e Patrícia Comunello.

A obra será lançada nesta quinta-feira, 8, a partir das 19h, no Porto Alegre Country Club. 

O livro combina um resgate histórico da trajetória do sindicato, ao mesmo tempo em que descreve o posicionamento atual da entidade.

Foram ouvidos todos os ex-presidentes vivos: Walter Pereira Merino, Mário Guilherme Sebben, José Luiz Pereira Ferreira, João Abreu, Gisele Oliveira, Renato Turk Faria, Edgar Serrano e Diogo Rossato, além de personalidades importantes do mercado de TI como Jaime Wagner, Cesar Paz e Luiz Pierry, José Guido Kirst e Márcio Girão.

O prefácio do José Renato Silveira Hopf, fundador da GetNet, vendida para o Santander no maior negócio do segmento de tecnologia do Rio Grande do Sul, e atualmente CEO da startup 4all Tecnologia.

“É fundamental expormos o legado que cada um deixou, valorizar parceiros e entidades coirmãs. Vamos deixar eternizadas estas ações, para que possamos utilizar com referência para as próximas gerações”, afirma Diogo Rossato, presidente do Seprorgs.

O vice-presidente da entidade, Donald Reis, salienta a importância de documentar os marcos que moldaram a construção do Seprorgs e conta como foi o processo de criação do projeto.

“A ideia nasceu em uma conversa do empresário Jaime Hamester com o presidente Diogo, e eles acabaram me dando esta missão. Entrei em contato com a Patrícia Knebel, que tem grande experiência na área editorial e definimos os rumos do projeto”, afirma Reis.

O livro reportagem foi produzido pela Estúdio Editorial, da jornalista Patrícia Knebel, com a colaboração de Patrícia Comunello.

Patricia Knebel é  repórter e colunista de Tecnologia e Inovação no Jornal do Comércio e autora de outros sete livros sobre o mercado de tecnologia. Patrícia Comunello é subeditora do site do Jornal do Comércio, foi repórter de Economia desse jornal e da Zero Hora, editora do clicRBS em Santa Catarina e repórter do Portal Terra.