LTE no foco das operadoras, mas TI tem que ajudar. Foto: Flickr.com/6757865347

As operadoras de Telecom de todo o mundo planejam ofertas de planos de dados personalizados, com controle em tempo real de uso pelo cliente, especialmente em 4G, mas não têm um sistema integrado de gestão da cobrança e políticas que possibilite isso.

É o que indica uma pesquisa feita pela Amdocs, especializada em sistemas e serviços voltados à experiência do cliente.

Conforme o estudo, à medida em que a tecnologia 4G LTE (Long Term Evolution) se torna padrão para as redes, as operadoras aumentam o interesse por modernizar a oferta.

No estudo, 80% dos respondentes afirmaram que suas empresas lançaram ou estão testando serviços LTE e 92% disseram que seus departamentos de marketing estão pedindo à TI que possibilite planos de dados inovadores; mas 70% afirmam que não podem fazê-lo no momento.

Além disso, 63% dos respondentes planejam lançar serviços de VoLTE (voice sobre LTE) entre 2013 e 2014.

Para a maioria das operadoras ouvidas, a integração da gestão da cobrança e das políticas é essencial para o fornecimento de melhores serviços e pacotes.

Na Europa, América do Norte e Ásia Pacífico, 100%, 90% e 80% dos entrevistados, respectivamente, dizem que suas empresas acreditam que precisam integrar as funções de gestão da cobrança e políticas.

O índice fica em 40% na região de Caribe e América Latina.

“A integração entre a gestão da cobrança e das políticas possibilita às operadoras apresentarem serviços direcionados ao tipo de aparelho, tipo de serviço, status da rede, localização do cliente e outras informações do cliente em todas as linhas de negócio, possibilitando o controle e visibilidade dos planos e a utilização de dados pelo usuário”, afirma o relatório da Amdocs.

Para 75% dos respondentes, administrar regras para a política e cobrança a partir de um local como, por exemplo, um catálogo central de produtos, é fundamental.

Conforme Rebecca Prudhomme, vice-presidente de Marketing de Produtos e Soluções da Amdocs, as operadoras buscam soluções pré-integradas, inclusive com um único catálogo de produtos nos sistemas de cobrança e políticas, para solucionar processos de gestão de produtos danificados, que resultam no aumento do tempo de colocação de produtos no mercado, na linha de 4G.

A pesquisa foi baseada em 70 entrevistas realizadas entre outubro e novembro de 2012, com líderes dos departamentos de TI e de marketing de 35 operadoras na Europa (10), América do Norte (10), Ásia Pacífico (10), Caribe e América Latina (05).

Este é o segundo relatório de pesquisa conduzido para Amdocs pela empresa de pesquisa Heavy Reading para identificar tendências de monetização de dados para as operadoras e os desafios enfrentados a cada ano.

Os resultados da primeira pesquisa foram anunciados em setembro de 2011.