René Fantini, gerente geral de TI da Renault. Foto: Divulgação.

A Renault implementou o sistema Ellevo para gerir suas tarefas internas. A escolha foi feita logo após a criação de um Centro de Serviços Compartilhados (CSC) na companhia.

“Necessitávamos de uma ferramenta para algo a mais do que uma gestão de chamados, buscávamos criar um catálogo com nossos serviços com workflow fácil de criar e integrado com nossos sistemas, para poder medir os processos com SLA de ponta a ponta”, explica o gerente geral de TI da Renault, René Fantini.

Utilizado atualmente nas áreas financeira e de compras da montadora, o Ellevo foi implantado há cerca de um ano e deve contemplar em breve outros setores da companhia. 

“Várias direções da empresa nos estão solicitando utilizar o sistema para processos que ainda estão fora do Centro de Serviços Compartilhados. Já colocamos alguns deles para logística, mas a demanda está só crescendo. Os gestores de outras áreas percebem que no CSC conseguimos ter muita informação e controle das atividades”, salienta o executivo.

Em média, a Renault gerencia 5 mil chamados por mês. A solução da Ellevo foi integrada com o ERP SAP utilizado pela companhia.

“Temos conseguido atender 97% das demandas no prazo. Controlamos de perto a vazão dos chamados abertos com os atendidos para assegurar não ter muitas solicitações pendentes em backlog. Alcançamos maior controle das atividades dentro do CSC, informação online disponível para análise e ajustes das estruturas internas em função da carga prevista para cada serviço”, avalia.

Em 2017, a Ellevo está investindo em inteligência artifical para agregar novos recursos à ferramenta.

"A partir de fatos ou ações que possam ocorrer no sistema ERP ou demais aplicações satélites da organização, nossa plataforma identifica a ação/fato e atua dispensando a ação humana. Além disto, em breve o sistema também permitirá o uso de Chatbots com a integração com o Projeto Watson, da IBM", adianta Carlos Alberto D’Avila, diretor da Ellevo.

A Ellevo atende hoje empresas como BRF, Grupo Positivo, Fiesc e Senior Sistemas. A companhia conta com cerca de 200 clientes e mais de 100 mil usuários ativos em suas plataformas.