Luis Machado, CEO da iCasei. Foto: Divulgação.

A iCasei fechou o ano com R$ 10 milhões em faturamento, o que significa um crescimento de 35% em relação a 2013. 

A empresa afirma que, em 2014, 50 mil casamentos dos cerca de 1 milhão registrados em todo o país foram atendidas pelo portal iCasei. 

O iCasei cria sites personalizados de casamento com mais de 80 recursos interativos, como confirmação de presença, compartilhamento do álbum de fotos, mapas para orientar os convidados até o local da festa e lista de presentes online – com itens simbólicos que podem ser revertidos em dinheiro para os noivos. 

Atualmente, são investidos R$ 2,5 milhões por ano na empresa. Parte desse valor foi usada para criar a nova versão do portal, que entrou no ar em dezembro do ano passado. O tráfego do iCasei gira em torno de 2,5 milhões de visitas únicas mensais.

“O portal de casamentos vem se firmando não só como uma ajuda aos noivos, mas também como uma forma de desfrutar ainda mais o grande dia. Parte do nosso sucesso vem daí”, afirma Luis Machado, CEO da empresa. 

É possível experimentar uma versão grátis do iCasei por dez dias, e os planos para criar um site personalizado estão disponíveis a partir de R$ 49,90 mensais. 

A expectativa da empresa, que já atendeu mais de 200 mil casais em todo o país, é de crescer 40% em 2015.

Outra companhia do ramo que espera crescer em 2015 é a Mecasei.com, que espera ter alta de 20% ao mês no número de casais cadastrados durante o primeiro semestre de 2015, fechando o período com 8 mil novos inscritos.

De acordo com o CEO da empresa, Marcio Acorci, no final do ano passado o site registrava cerca de 3 mil novos casais a cada mês. Para 2015, a meta da empresa é atingir R$ 2 milhões em faturamento.

Ao contrário de muitas plataformas do segmento, o Mecasei não cobra um valor mensal, mas sim uma parcela única de R$ 49,99, que dá direito ao uso do site por tempo ilimitado.

No mercado desde 2011, o Mecasei tem no próprio iCasei - criado em 2007 - sua maior concorrência. No total, mais de 150 mil mil casais utilizaram o iCasei durante a organização de seus eventos.

Também há diversas empresas mais novas focadas nesse segmento.

O Quem Casa Quer Site, por exemplo, foi lançado em janeiro do ano passado e, em seis meses, contava com 11 mil casais cadastrados.

Já o Nós Vamos Casar, de Joinville, contava com 2,6 mil noivos ativos em outubro do ano passado. Para atrair mais casais, a empresa lançou um segundo site: o Nós Queremos Casar, focado em crowdfunding para os noivos realizarem seu evento.