Será que agora o AX decola? Foto: pio3 / Shutterstock.com

A Microsoft anunciou nesta quarta-feira, 09, uma nova versão do software de ERP Dynamics AX, feita especialmente para rodar na nuvem Azure.

A interface do produto foi desenvolvida em HTML 5 e lembra a do Office 365.

“Agora é possível rodar todo o negócio na nuvem da Microsoft, desde produtividade com o Office 365 até análsie de dados com Power BI e Cortana, passando por engajamento com consumidor com Dynamics CRM”, afirma Scott Guthrie, vice presidente executivo para Microsoft Cloud e Enterprise.

A Microsoft divulgou oito empresas que aderiram ao piloto do novo ERP, incluindo a equipe de F1 Renault, a Travel Alberta, agência de divulgação turística do governo da província canadense Alberta e a Umbra Group, uma empresa de engenharia italiana de médio porte.

Além do novo software, a Microsoft anunciou um marketplace digital com 50 soluções de parceiros.

Em nota, a Microsoft destacou que a oferta está disponível em 137 países, entre os quais não está incluído o Brasil. Não foi dado um prazo do início da oferta por aqui, onde a empresa inaugurou seu data center no começo de 2014.

Agora é aguardar para ver se, quando lançada, a versão cloud consegue fazer o AX decolar no Brasil, onde o software tem uma presença de mercado aparentemente pequena.

A Microsoft do Brasil não abre o tamanho da base de clientes ou o número de parceiros capazes de trabalhar com AX, que entrou no portfólio da companhia em 2002, por meio de uma aquisição.

A pesquisa sobre o mercado de TI feita pela Fundação Getúlio Vargas (EAESP-FGV), uma das poucas fontes sobre participações de mercado em ERP no país, não chega a mencionar o produto da Microsoft em nenhuma das suas faixas.

Alguma movimentação está acontecendo no mercado, no entanto.

Em 2013, a multinacional dinamarquesa  AlfaPeople adquiriu a Tridea, uma empresa paulista especializada em projetos de CRM com tecnologia Microsoft, integrando a oferta AX.

O Grupo i9, holding especializada em plataforma Microsoft com matriz em São Paulo e filiais em Curitiba e Rio de Janeiro, representa o AX desde 2009. Outro parceiro importante é o Grupo Processor, sediado em Porto Alegre.

Em termos de clientes, algumas organizações conhecidas usuárias da AX são a varejista gaúcha Colombo, Brasil Kirin e a Federação das Indústrias do Estado do Paraná.