Maurício Fernandes.

A Dedalus, um dos maiores nomes do mercado de computação em nuvem no país, reforçou a sua diretoria com a contratação de dois novos executivos.

Roberto Prado, que vem de 13 anos na Microsoft, a maioria em cargos ligados à área de computação em nuvem, assume a posição de Chief Growth Officer (CGO). A Microsoft é uma das principais parceiras da Dedalus.

Alexandre Cadaval, ex-diretor de TI e Operações da Locaweb, entra como o novo Chief Operating Officer (COO).

Eles se unem no topo da empresa ao CEO, Maurício Fernandes, e o CFO, Ricardo Bueno.

“Em 2019, nós implementamos centenas de projetos, um volume muito expressivo. Vamos continuar neste ritmo, mas sem perder a qualidade de nossos serviços, agregando novas ofertas para o mercado de cloud e dados”, comenta Maurício Fernandes. 

Fundada em 2009, a Dedalus tem por carro chefe a intermediação e gestão de contratação de nuvens públicas como AWS, Google e Microsoft, a figura conhecida como "broker".

 Dedalus teve um bom 2020, com um faturamento de R$ 426 milhões, o que representa uma alta de 58%.