Mauro Piva Jr.

A Credeal, fabricante de cadernos sediada em Serafina Corrêa, no noroeste do Rio Grande do Sul, tem apostado no desenvolvimento interno de soluções como uma maneira de manter o negócio atualizado com ferramentas de TI.

No ano passado, a equipe de TI da companhia desenvolveu um software com funcionalidades de Business Intelligence e planejamento financeiro para operar integrado ao sistema de gestão Cigam da empresa.

Com ele, é possível acompanhar a performance dos representantes da empresa em todo o país, analisa o fluxo de pedidos, entre outras funcionalidades típicas de uma ferramenta de BI. 

Relatórios mais estáticos são obtidos através do Crystal Reports.

Ao mesmo tempo, foram incluídas funções de entrada de dados que permitem calcular endividamento e planos de contas, por exemplo.

O próximo passo da Credeal é construir um sistema de gerenciamento de transportes [TMS, na sigla em inglês].

Ainda em fase de testes, a aplicação permitirá que cada fornecedor da Credeal na área de transportes faça um cadastro único das suas políticas de cobrança, permitindo à empresa tomar decisões mais assertivas.

“O transporte de mercadoria no nosso ramo tem muitas particularidades relacionadas à alta sazonalidade das compras”, aponta Mauro Piva Jr, gerente de TIC da Credeal, que esteve em Itá, Santa Catarina, participando do primeiro encontro dos CIOs do grupo GTIsul, formado por gestores do Interior do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.  

A Credeal faturou R$ 145 milhões em 2013 e projeção de crescimento em 10% ficando em torno e R$ 160 milhões em 2014.

* Maurício Renner viajou a Itá, Santa Catarina, a convite do GTISul.