Tempo em casa fez os chineses decidirem por mudanças na vida familiar. Foto: Pixabay.

O sistema de pedidos de casamento da chinesa Alipay registrou um aumento de 300% no tráfego após o fim da quarentena em Wuhan, primeiro epicentro da Covid-19, que acabou há dois dias.

De acordo com o site Business Insider, a grande procura causou um congestionamento temporário na aplicação.

Os pedidos de casamento de Wuhan haviam sido suspensos em fevereiro e março, enquanto os 11 milhões de habitantes da cidade estavam sujeitos ao seu bloqueio de 76 dias.

Durante o bloqueio, o transporte local foi fechado e os residentes só poderiam deixar suas casas para realizar tarefas essenciais, como buscar comida, se tivessem permissão especial concedida por meio de um aplicativo obrigatório.

Eles precisavam confirmar que estavam saudáveis ​​e não haviam entrado em contato com ninguém infectado pelo coronavírus.

Por outro lado, a metrópole Xi'am, cidade localizada região central da China, registrou um recorde no número de pedidos de divórcio após o fim da quarentena no restante do país, que acabou bem antes de Wuhan.

Todos os horários disponíveis para tratar do tema nos escritórios locais estavam tomados por semanas em alguns distritos, além do país ter registrado uma procura acima da média por formulários de divórcio.

Além do sistema de pedidos de casamento, a Alipay é uma das plataformas de pagamento mais usadas na China, ao lado do WeChat, e também oferece um serviço para pesquisa de nomes de bebês.