Thomas Yde Frederiksen, líder da Tweakker. Foto: Divulgação.

A Surf Telecom, operadora responsável pela MVNO dos Correios, é a primeira empresa na América Latina a firmar um contrato para adotar a linha de soluções de inteligência de dispositivos da Tweakker.

A operadora irá utilizar a solução de configuração automática de APN (Access Point Name) da Tweakker para configurar novos clientes em sua rede. 

Os recursos de suporte e autoatendimento da Tweakker devem ajudar a operadora a reduzir custos de atendimento , além de novas receitas de dados.

“Nossa estratégia é entregar a mais avançada experiência de configuração inicial e suporte” afirma o CMO da Surf Telecom, Davi Fraga.

A Surf Telecom foi outorgada pela Anatel com licença de MVNO autorizada para prover serviços de MVNE/MVNA/MVNO ao mercado.

“Este desenvolvimento na América Latina demonstra a abordagem global da Tweakker para servir o crescente mercado de MVNEs e MVNOs no mundo. Na América do Sul, nossa solução de configuração de APN pode dar suporte a todas as marcas locais em todos os idiomas da região”, destaca Thomas Yde Frederiksen, líder da Tweakker.

A Tweakker, fundada em 2009 na Dinamarca, atende a mais de 100 operadoras virtuais (MVNOs) com suas soluções em nuvem para configuração inicial, suporte online para dispositivos móveis e engajamento automático.

Uma MVNO compra conectividade no atacado para vender no varejo para um nicho. No caso mais destacado da Surf, a empresa compra da TIM para que os Correios busquem atingir um público alvo nas classes C e D.

A meta dos Correios é chegar em cinco anos a 8 milhões de assinantes do seu serviço de telefonia móvel, chegando a uma receita de R$ 297,6 milhões.

A Surf opera ainda outras duas MVNOs de menor porte, para um grupo evangélico e uma agência digital que vai focar no público jovem.