A IPv7 Soluções Inteligentes adquiriu a Krauthein IoT, que desenvolve soluções de internet das coisas para segmentos como agricultura e ISPs.

A companhia fornece soluções baseadas em “Sistema Operacional de Tempo Real” (RTOS) para controle e gerenciamento de dispositivos que dão suporte ao conceito de hiperconectividade.

O fundador da Krauthein IoT é Adriano Krauthein, que passa a atuar como diretor de novos negócios da IPv7 para IoT. Antes de criar a companhia, ele atuou por cinco anos na Perto SA. Entre 2005 e 2012, fez parte da equipe da HP.

Droander Martins, CEO da IPv7, acredita que há uma crescente demanda por serviços de gerenciamento de dispositivos, com possibilidades que envolvem automatização ou integração de soluções já existentes, até a criação de novas aplicações.

“Do ponto de vista estratégico, estamos mostrando que levamos a sério o investimento em IoT. Já do ponto de vista de produto e portfólio, integramos mais uma aba de soluções para o mercado de provedores de internet com essa aquisição”, comenta.

A unidade de IoT da IPv7 existe desde o final de 2016, quando a empresa firmou uma aliança com a PUC-RS para impulsionar o segmento de IoT e ciência de dados no setor de cidades inteligentes.

“A Krauthein é uma das poucas empresas que tem, de verdade, uma plataforma de software para IoT, possui um ecossistema diferente em relação ao mercado, onde concorrentes que têm IoT ainda estão na esfera das ideias, e, finalmente, tem um portfólio funcional, já rodando em provas de conceito e clientes diversos”, destaca Martins.

Anteriormente a IPv7 já investiu em startups de BI e IoT, com georreferenciamento e mapas de calor para provedores. A aquisição da Krauthein IoT é a segunda realizada pela empresa neste setor.