O AirBNB se adaptou aos modelos de pagamento do Brasil. Foto: Ditty_about_summer/Shutterstock.

O Airbnb, maior comunidade de hospedagem alternativa do mundo, acaba de adotar um sistema de pagamentos locais no Brasil. A plataforma  vai permitir aos usuários a reserva de acomodações com cartões de crédito nacionais e por boletos. Além disso, os viajantes também poderão parcelar o valor da hospedagem, recurso inédito na plataforma.

As novidades chegam dois meses após o Airbnb ser anunciado como o fornecedor oficial de serviços de hospedagem alternativa dos Jogos Olímpicos Rio 2016 e a tempo para aqueles que já solicitaram e foram contemplados com os ingressos, cujo resultado do primeiro sorteio foi divulgado hoje. 

O Airbnb oferecerá pagamento parcelado sem juros por tempo limitado, como parte da promoção para o período de aquisição de ingressos do Rio 2016, que começou em 31 de março e segue em suas várias etapas até maio de 2016 com a venda em bilheteria.

“O novo modelo de cobrança foi planejado para atender as necessidades do mercado brasileiro. Aceitar pagamentos locais sempre foi um objetivo nosso e estamos animados em oferecer à comunidade brasileira a oportunidade de reservar acomodações incríveis com esses meios de pagamento”, Christian Gessner, diretor geral do Airbnb no país. 

Ao oferecer meios de pagamento locais, o Airbnb espera conquistar mais usuários, além de ajudar os brasileiros a viajar usando um sistema ao qual eles estão acostumados e usam com frequência. 

Além de facilitar o processo, a cobrança em reais elimina as taxas de transação sobre moeda estrangeira, normalmente cobradas pelas empresas de cartão e pelos bancos.

Atualmente, o Airbnb conta com 45 mil anúncios disponíveis no país, mais de 20 mil deles no Rio de Janeiro, que é um dos principais destinos na plataforma, no mundo todo. 

Páginas oficiais dos Jogos Olímpicos Rio 2016 já estão direcionando o público do evento para uma plataforma desenvolvida com exclusividade para os espectadores dos Jogos, na qual eles poderão reservar sua hospedagem no Rio.

Com a novidade, o Airbnb também enfrenta novos concorrentes no mercado de alguel por temporada. No final do ano passado, o Hotel Urbano, agência online de viagens, lançou o Voltem, plataforma para busca de hospedagem alternativa que permite ao hóspede parcelar o pagamento em até 10 vezes.  

O Voltem afirma que nasceu com um portfólio de mais de 40 mil anúncios de quartos e propriedades disponíveis para locação no Brasil, número similar ao Airbnb. A plataforma foi criada a partir da aquisição da House in Rio, focada em aluguel de imóveis no Rio de Janeiro. 

Fundado em agosto de 2008 e sediado em São Francisco, o Airbnb está presente em mais de 34 mil cidades e 190 países. Em 2014, o sistem alcançou 10 milhões de clientes, com 550 mil propriedades listadas em todo o mundo. A empresa é avaliada em US$ 10 bilhões.