Luiz André Barroso.

Luiz André Barroso, brasileiro que atualmente é vice-presidente de Engenharia da Google,  acaba de receber o Eckert-Mauchly Award, oferecido pela IEEE Computer Society e pela ACM (Association for Computing Machinery), em reconhecimento ao seu pioneirismo no desenvolvimento de data centers.

O profissional é o primeiro brasileiro a receber o prêmio, concedido desde 1979 e considerado o maior prêmio de arquitetura de computadores do mundo.

Barroso foi contratado em 2001 pelo Google, quando a empresa ainda alugava espaço em data centers tradicionais. Ele foi um dos principais responsáveis por desenvolver a tecnologia por trás da rede mundial de centros de dados do Google.

A mudança de estratégia envolveu repensar todos os aspectos desses projetos, desde o prédio em si, dos equipamentos de ar-condicionado, distribuição e conversão de eletricidade, projeto do hardware dos servidores em si, arquitetura do software e algoritmos, 

Em 2009, Barroso lançou o livro The Datacenter as a Computer, que virou referência e já está em sua terceira edição. 

Barroso é amplamente reconhecido como o principal arquiteto do design de data centers de ultra-escala, que contêm centenas de milhares de servidores e milhões de unidades de disco. 

 De 1983 a 1989, o jovem Luiz André Barroso fez graduação e mestrado em Engenharia Elétrica no Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio). 

Com o início do doutorado, na University of Southern California logo em seguida, Barroso se mudou definitivamente para os Estados Unidos, onde passou por empresas como a Compaq antes de ser contratado pelo Google.

Nos seus quase 30 anos de carreira, Barroso acumula mais de 17 mil citações em artigos científicos, 23 patentes, 38 publicações e 39 apresentações em eventos da área.