Google quer competir com AWS. Foto: flickr.com/vdvsx.

O Google disparou outro tiro nas guerras de preços para serviços de cloud-computing, oferecendo às empresas mais armazenamento gratuito, em um esforço para competir com a líder do mercado, Amazon Web Services

O Google Cloud Platform oferece dois terabytes de armazenamento gratuito por um ano, por meio de um de seus parceiros, uma startup chamada Panzura.

Para o WSJ, o movimento destaca a batalha entre Google, Amazon e Microsoft para fornecer armazenamento remoto às empresas, o que reduz a necessidade de compra e gestão de equipamentos próprios nas companhias. Alguns especialistas do setor prevêem que o armazenamento em breve será gratuito.

Em comparação, a Amazon oferece um serviço para dados pouco acessados ​​por 1 centavo por gigabyte por mês, o que equivale a US$ 120 por ano por um terabyte de armazenamento. 

O serviço Azure, da Microsoft, oferece aos negócios 1 terabyte em armazenamento de dados por cerca de 2,4 centavos de dólar por gigabyte por mês.

"O armazenamento está apresentando uma corrida para a redução de preços", disse Rajesh Abhyankar, CEO da MediaAgility, uma empresa de consultoria em nuvem que funciona com o Google. "O dinheiro vai estar em software e serviços que são utilizados em cima de plataformas em nuvem dessas empresas”, completou.

Abhyankar disse que oferta de armazenamento gratuito do Google com a Panzura é parte de um esforço para agarrar clientes empresariais da Amazon.

"O Google está tentando recuperar o atraso com a AWS. Estes tipos de ofertas podem persuadir os usuários a mover seus dados”, comentou.

Para o CEO da MediaAgility, o Google pode combinar serviços em nuvem baratos com outros produtos que as empresas pagam para utilizar, como seu serviço Maps Engine Pro, que exibe dados corporativos em mapas digitais.

O Gartner estimou, em marçou, que os gastos das empresas em serviços de computação terceirizados como os fornecidos pelo Google e Amazon subiria de 45% este ano, para US$ 13,3 bilhões.

A Panzura, startup que está trabalhando com o Google, auxilia as empresas a armazenar dados remotamente nos data centers da Amazon, do Google e da Microsoft e oferece ferramentas que lhes permitem acessar os arquivos a partir de vários locais com software existentes.

A oferta do Google abrange o acesso de um local usando um serviço gratuito da Panzura. Se as empresas precisam de acesso a partir de vários locais, eles têm que pagar a Panzura, mas o Google mantém a gratuidade do armazenamento por um ano.

As empresas de armazenamento em nuvem Dropbox e Box também oferecem planos de armazenamento gratuitos, mas estes geralmente se concentram em usuários individuais e têm limites de armazenamento que variam de alguns gigabytes a 100 gigabytes.