Não podemos ser invencíveis eternamente, né? Foto:flickr.com/photos/fluffymuppet

Uma firma de segurança descobriu o primeiro trojan para o Linux, por muito tempo considerado exemplo de sistema operacional quase 100% seguro.

Encontrado pela RSA,  o trojan é conhecido como Hand of Thief e é focado no roubo de dados bancários. As informações são da ZDNet.

O Hand of Thief é uma modificação do malware bancário para Windows. Ele utiliza um obtentor de formulários para obter seu login pessoal e senha em locais como bancos, sites, email e outros serviços. A empresa aponta que seu custo é de US$ 2000 para hackers.

Em conjunto, ele não permite que o usuário acesse qualquer tipo de antivírus ou removedor de malware. Ele até o momento funciona em 15  distribuições, como Ubuntu, Fedora, Debian, assim como ambientes desktop, como o Gnome e KDE.

Isso não significa que os usuários devem se desesperar e voltar para o Windows.Somente nos últimos quatro dias, foram encontrados cinco novos trojans, todos eles afetam diferentes versões do Windows, aponta o sistema Symantec Security Response.

Um dos trojans para roubo de informações bancárias mais famosos é o Zeus. Visto pela primeira vez em 2009, o aplicativo evoluiu e criou ramificações. Dentre eles está o Eurograbber, que conseguiu em 2012 roubar US$ 46 milhões de contas bancárias. Os dados são de uma pesquisa realizada pela VerSafe.