Raul Randon é presença nova na lista 2013 da Forbes. Foto: divulgaçao.

A lista 2013 dos bilionários brasileiros da revista Forbes cresceu e trocou de líder - sai Eike Batista e entra Jorge Paulo Lemann, da 3G Capital. Para a região sul, a relação de bilionários também aumentou. De nove - sete gaúchos e dois paranaenses - o número pulou para onze, com oito gaúchos e três do Paraná.

O investidor Lírio Parisotto permanece como o gaúcho melhor colocado no ranking, com R$ 4,19 bilhões, no 36º lugar. Em seguida, o banqueiro Julio Bozano guardou o seu lugar como o 39º mais rico do país, com R$ 3,99 bilhões.

Também do Rio Grande do Sul, Os irmãos Alexandre e Pedro Grendene Bartelle, da Vulcabrás/Grendene ficaram em 51º e 56º, com fortunas de R$ 2,82 bilhões e R$ 2,31 bilhões, respectivamente.

Dos repetentes gaúchos, Jorge Gerdau Johannpeter figura na 74ª colocação, com R$ 2,10 bilhões e os Birman - o pai Anderson e o filho Alexandre - da Arezzo, aparecem no 85º lugar, com R$ 1,67 bilhão. Hermes Gazzola, da Puras, é o 106º colocado, com uma fortuna de R$ 1,20 bilhão.

Na 104ª posição, Raul Randon é o estreante do estado na lista, com uma fortuna de R$ 1,27 bilhão.

Já do Paraná, Norberto Odebrecht segue absoluto como o mais rico do estado - e da região sul - na 9ª colocação, com uma fortuna de R$ 10,1 bilhões. Estreante, Lucia Borges Maggi vem em 38º lugar, com R$ 4,1 bilhões na conta.

Também paranaense, Carlos Wizard Martins, dono da rede de escolas de idiomas que leva seu sobrenome, continua na lista, acumulando R$ 1,13 bilhão e ficando na 109ª posição.

Assim como no ano passado, Santa Catarina não conta com nenhum representante na listagem, e a grande maioria dos bilionários se concentram na região sudeste, principalmente em São Paulo.

No segmento de tecnologia, o único representante brasileiro segue sendo o paulista Eduardo Saverin, um dos fundadores do Facebook, com uma fortuna de R$ 5,64 bilhões, em 24º lugar na lista. Confira a lista completa neste link.