Eduardo Aspesi é diretor de Segmentos da operadora. Foto: Divulgação.

A Oi lançou nessa quarta-feira, 09, um chip duplo corte, desenvolvido em parceria com a Oberthur Tecnologies. A iniciativa faz parte do plano Oi Galera.

O objetivo é que os usuários não precisem mudar de chip ao trocar de celular. Por isso, tem formato de um SIM Card e de um Micro SIM.

Para usar o micro, basta destacar do adaptador maior e se quiser voltar para o tamanho inicial é só colocar no adaptador.

O novo modelo altera a logística nas lojas e os conteúdos das embalagens, que mudaram para plásticos e papéis a fim de proporcionar um descarte mais consciente.

“Vamos começar a implementar esse chip em toda a nossa rede a partir do ano que vem, assim que os estoques atuais forem acabando. Com isso, acreditamos que o cliente da Oi terá muito mais facilidade em encontrar um chip adequado ao seu aparelho. Além disso, prevemos uma redução de cerca de 15% nas despesas da companhia com a compra e distribuição de chips”, comentou Eduardo Aspesi, diretor de Segmentos da operadora. 

O Oi Galera iniciou em setembro durante o Rock In Rio e conta com recursos de voz, SMS, Wi-Fi e 3G por R$ 0,99 ao dia. O foco principal é no público jovem, de idades entre 18 e 25 anos. 

O pacote diário inclui 60 minutos de ligações e 80 SMS para a mesma operadora, internet ilimitada - 5MB ao dia e redução da velocidade após excedida a cota – e acesso ilimitado aos 160 hotspots Wi-Fi da empresa no país. 

Atualmente, a Oi é a operadora com a menor cobertura nacional entre as quatro principais do país, atendendo a 3.316 municípios. A Vivo é a líder, com 3.754 cidades cobertas, seguida da Claro (3.635) e TIM (3.357). 

A Oberthur Technologies desenvolve sistemas, soluções e serviços para cartões inteligentes e para documentos de identidade seguros, tradicionais e digitais.

Criada em 1984, a empresa tem cerca de 6 mil colaboradores e conta com 50 escritórios de vendas distribuídos pelos cinco continentes, atendendo em 140 países.