A Microsoft vai lançar uma versão do Windows 10 para laptops com chips da Qualcomm. Foto: Divulgação.

A Microsoft vai lançar em 2017 uma versão do sistema operacional Windows 10 que será executada em laptops alimentados por chips da Qualcomm.

Para a Bloomberg, o movimento pode corroer o domínio da Intel no segmento de PCs e ajudar a fabricante de software a ganhar uma posição maior na computação móvel.

Os chips da Qualcomm, a maior fabricante de semicondutores para telefones, são projetados para funcionar com bateria limitada e ter conexões celulares integradas. 

Assim, levar o Windows 10 para notebooks e tablets que executam com esses chips resultará em dispositivos que podem passar mais tempo longe de uma fonte de energia. 

A Bloomberg considera que, se bem sucedido, o esforço representará o primeiro grande desafio para a Intel na área de computadores pessoais desde o nascimento no mercado.

O movimento também trará para o Windows os chips da Qualcomm, que fizeram parte da explosão da computação móvel, um negócio crescente que a Microsoft não conseguiu atingir.

A Microsoft dará ao Windows 10 para Qualcomm a capacidade de executar programas escritos para a versão tradicional da plataforma, usando um emulador. 

Com isso, computadores e tablets serão capazes de executar programas regulares do Microsoft Office, bem como aplicativos como Adobe Photoshop. 

Geralmente um emulador diminui o desempenho de um computador, mas a Microsoft e Qualcomm afirmam que o hardware será bastante rápido e que os usuários não notarão um declínio.

"Este é um compromisso para trazer mobilidade para o Windows", afirma Cristiano Amon, chefe do negócio de chips da Qualcomm. Segundo ele, os usuários do Windows terão máquinas mais finas e mais leves que estão sempre conectadas à internet.

A ZDNet relata que a Microsoft oferecerá o Windows 10 para Qualcomm às fabricantes em categorias variadas, incluindo equipamentos de 6, 10 e 14 polegadas. 

De acordo com a Bloomberg, após o anúncio Intel declarou que sua tecnologia ainda é a melhor para computadores.

"A Intel e a Microsoft já entregaram - e continuam fornecendo - as melhores experiências, incluindo realidade mesclada, jogos imersivos e conectividade usando a tecnologia Windows e Intel que os clientes esperam", disse a fabricante de chips.