Rodolfo Fücher, presidente da ABES. Foto: Divulgação.

A ABES (Associação Brasileira das Empresas de Software) acaba de lançar o ABES Startup Internship Program. A Startup Farm já é uma parceria confirmada do projeto.

O programa terá a duração de 6 meses e será disponibilizado às startups por meio de parcerias com incubadoras, aceleradoras ou fundos de investimentos. 

As participantes do programa poderão usufruir todos os serviços oferecidos pela ABES aos seus associados, como participação em seus diversos comitês (entre eles estão regulatório, tributário, de inovação e de LGPD) e acesso a pesquisas de mercado, informações sobre linhas de fomento, financiamentos governamentais e dados de marketplace, assim como uma estrutura de compliance e o serviço de consultoria jurídica.

"Acreditamos que o programa, em parceria com fundos de investimentos, aceleradoras ou incubadoras, como é o caso da Startup Farm, aumentará a possibilidade de sucesso das startups e ajudará a estimular a inovação e competitividade no mercado de tecnologia brasileiro", destaca Rodolfo Fücher, presidente da ABES.

A Startup Farm e a ABES já assinaram acordo que garante às mais de 300 startups incubadas pela Startup Farm a oportunidade de participar do ABES Startup Internship Program. 

"Esta parceria com a ABES cria uma ponte para as startups terem voz junto a uma das principais entidades do país que representa os interesses da indústria de software e, desta forma, colaborando para o amadurecimento de todo mercado brasileiro", afirma Alan Leite, CEO da Startup Farm.

A ABES representa aproximadamente 2 mil empresas, que totalizam cerca de 85% do faturamento do segmento de software e serviços no Brasil. 

As associadas estão presentes em 23 estados brasileiros e no Distrito Federal. Elas são responsáveis pela geração de mais de 205 mil empregos diretos e um faturamento anual da ordem de R$ 61 bilhões em 2018.