Gatecash controla tudo que acontece no caixa. Foto: divulgação.

O Grupo Koch, uma das maiores redes de supermercados de Santa Catarina, reduziu muito o dinheiro perdido por itens não cobrados no caixa durante um piloto com tecnologia da multinacional sueca Gunnebo.

Durante o piloto, realizado por seis meses em uma unidade em Itapema, cidade no litoral catarinense onde fica a sede do Koch, o índice de falta de registros de algumas mercadorias, chegaram a cair em 76%.

O Gatecash, ferramenta de monitoramento implantada na unidade, reúne imagens, vídeos e áudios captados no PDV, atuando de maneira integrada ao software de automação comercial da empresa.

Sabendo que está sendo controlado, o caixa se torna mais atento na maioria dos casos, e menos propenso a trapacear, em uma minoria.

Os produtos que registravam perdas no PDV, aliás, oferecem um insight sociológico interessante: cervejas em latas de 350 ml e 473 ml, cerveja long neck, leite longa vida, caixas de hambúrguer e steak, água mineral e sacos de carvão.

“Na identificação das faltas de registros desses itens, podemos destacar que 80% são por pura falta de atenção dos operadores de caixa e 20% por fraudes, onde alguns deles fazem o atendimento a familiares e seus conhecidos”, afirma Alessandro Ziebell, gerente executivo de Prevenção de Perdas do Koch.

Segundo Ziebell, o Koch aposta cada vez mais no setor de prevenção de perdas e há um ano ele é visto pela diretoria e o conselho de administração como uma área estratégica do negócio. 

“Após a análise dos benefícios, consideramos o Gatecash muito eficaz no combate às perdas na frente de caixa. Dessa forma, a intenção é implantá-lo em nossas novas unidades, inclusive no modelo atacarejo, onde a perda no PDV é maior em função da venda de grandes volumes de mercadorias”, afirma Alessandro Ziebell.

Até o final do ano, mesmo com a pandemia do novo coronavírus, o Grupo Koch deve inaugurar cinco novas unidades, entre atacado e varejo, em um investimento de R$ 100 milhões. Outros R$ 30 milhões serão investidos na construção do novo Centro de Distribuição.

A empresa fatura cerca de R$ 2 bilhões, de acordo com o ranking da Associação Catarinense de Supermercados.

A Gunnebo oferece produtos de proteção eletrônica para o varejo (antenas, etiquetas, cadeados, CFTV e acessórios), além de ser uma referência em soluções de tecnologia para performance de loja (contadores de fluxo, cofres inteligentes, monitoramento de PDV e transferência de mercadorias).

A companhia atende boa parte das maiores do varejo brasileiro, incluindo Carrefour, GPA, Sonda, Nordestão, Super Nosso, Koch, Coop, C&A, Riachuelo, Marisa, Centauro, RaiaDrogasil, DPSP, Farmácias Pague Menos, Lojas Americanas e Magazine Luiza.