Walter Sabini Junior e Vinicius Pessin.

A E-smart anunciou uma integração que permitirá um acesso especial dentro do seu painel de controle ao MercadoLivre.

O objetivo é que pequenos negócios que usam a plataforma possam controlar em um só lugar sua própria loja virtual e as ofertas existentes no MercadoLivre.

Além disso, todo o estoque será integrado, e a partir da plataforma, o lojista poderá responder a todas as dúvidas dos e-consumidores e também fazer a avaliação do comprador.

A integração foi feita com as recém lançadas APIs do MercadoLivre

“Estamos trazendo uma plataforma que acaba com as barreiras para a montagem de uma loja virtual. Uma solução simples, prática e que não requer estudos técnicos. E, a integração com o MercadoLivre vai permitir que além dessa facilidade, as pequenas empresas angariem ainda mais vendas e exposição”, afirma Vinicius Pessin, CEO da E-smart.

O MercadoLivre comercializou mais de 17,6 milhões de produtos no último trimestre (entre julho e setembro de 2012), um crescimento de 22,4% em relação ao mesmo período do ano passado.

Só no terceiro trimestre do ano passado, a movimentação foi de US$ 1,436 bilhão.

A E-smart foi lançada em agosto por Vinicius Pessin, ex-diretor do UOL Host e Walter Sabini Junior, fundador e ex-CEO da Virid.

O objetivo da companhia é finalizar 2013 com 200 clientes e faturamento de mais de R$ 20 milhões.

A empresa já adquiriu a VirtualBiz, que atende mais de 50 lojas virtuais, entre elas Hering, Nutriworld e Arena.

A meta declarada da E-smart é balançar o mercado de comércio eletrônico, que, na opinião dos fundadores, está carente de empresas de porte depois que players como Ikeda e Vertis foram adquiridos por um marketplace e uma cadeia varejista, deixando a Vtex em uma situação “confortável”.