Carmelo Queiros e Pedro Renan. Foto: Divulgação.

Três empresários de Fortaleza decidiram tornar o design mais acessível para empresas pra criação de nomes e logos e criaram o Logovia

O portal permite que profissionais autônomos, micro empresários e donos de negócios possam contratar um profissional de qualquer lugar do país para criar a identidade visual da sua empresa. 

O empreendedor define o quanto pode pagar a partir de um valor mínimo estipulado pela plataforma, os designers interessados mandam sugestões de logo, e o escolhido recebe o valor do trabalho.

São, em média, 300 logos entregues por mês e os serviços veriam de R$ 249, para criar o nome da empresa, e R$ 2 mil para um logo. 

Atualmente, a plataforma conta com 10 mil designers cadastrados no Brasil e a estimativa é ter 25 mil até o final do ano. 

Fundada em 2011, a Logovia busca ultrapassar os 17 mil clientes em 2014 com um faturamento de R$ 6 milhões, quatro vezes maior do que no ano passado. 

Os sócios são formados em administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Carmelo Queiros já trabalhou no Grupo o Povo de Comunicação, na PS Informática e na Nutrimax. 

Enquanto isso, Pedro Renan passou pela M. Dias Branco e Coca-Cola Norsa e David Rocha atuou como professor na Faculdade 7 de Setembro e no Marketing da Tecbio Tecnologias Bioenergéticas. 

Conforme os empreendedores, em países como Alemanha e Inglaterra, mais de 40% das pequenas empresas utilizam o design para melhorar as vendas, enquanto no Brasil, são menos de 10%.