ACELERAÇÃO

Brastorage tem CDN da Verizon

10/03/2016 15:14

Marco Lorena.

Tamanho da fonte: -A+A

A Brastorage, companhia paulista especialista em infraestrutura de TI, é a primeira parceira para a venda da solução de aceleração de entrega de conteúdo (CDN, na sigla em inglês) da Verizon no Brasil.

Esse tipo de solução é especialmente aderente para companhias de conteúdo ou e-commerce, que precisam administrar grandes picos de acesso sem investir demais em infraestrutura.

A Brastorage já atende a uma série de clientes com esse perfil, incluindo nomes como Dafiti, Estadão, Gol, Record, TAM e Saraiva. No momento, a empresa já tem 10 provas de conceito em andamento.

“Sem CDN, as empresas precisam escolher entre ter uma estrutura mais pesada do que precisariam ou não conseguir atender a demanda no pico”, resume o diretor presidente da Brastorage, Marco Lorena.

A companhia está entrando no mercado em um momento em que o e-commerce parece como um salvador de resultados para o varejo. 

A Magazine Luiza, para ficar em um exemplo, teve queda de faturamento de 8,7% no ano passado, ao mesmo tempo em que as vendas pela Internet subiram 19% no último trimestre, chegando a um quinto das vendas.

De acordo com Lorena, a parceria com a Verizon abre portas para a empresa ampliar sua base de clientes no Brasil, assim como entrar em outros mercados na América Latina. 

Com operações em Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro, a Brastorage trabalha com tecnologia Cisco, IBM, Microsoft e VMware, tanto na venda de equipamentos como na administração de estruturas de clientes.

Em 2014, a empresa investiu R$ 10 milhões em um data center no Centro Empresarial de São Paulo, onde antes ficava o centro de dados da Unilever para a América Latina.

A Verizon entrou para valer no mercado de CDN no final de 2013, com a aquisição da EdgeCast Networks. Até então, a companhia revendia o produto da Akamai, hoje sua principal concorrente nesse mercado.

O diferencial da gigante de telecomunicações americana nesse mercado é possuir o produto e também a infraestrutura, o que oferece ganhos adicionais para os clientes. O data center da Verizon em São Paulo tem conexão com 35 operadoras.

Líder do mercado de telefonia nos Estados Unidos, a Verizon se posiciona no Brasil como um player B2B. A aposta é crescer através de canais, começando pela oferta de CDN e entrando no futuro em novas frentes como cloud e serviços de segurança.

Veja também

VIDEOCONFERÊNCIA E UC
Level 3 mira varejo para dobrar

Multinacional mira segmentos como o videoconferência e comunicação unificada (UC) para dobrar faturamento na América Latina.

DATA CENTER
Stemac migra para Brastorage

Equipamento, em um total de 10 racks, incluindo servidor RISC IBM, será movido em fevereiro

ACELERAÇÃO
Estácio adota soluções da Exceda

A instituição economizou R$ 850 mil referente à entrega de 9,6TB pelos servidores da Exceda. 

PUBLICIDADE
Verizon adquire AOL por US$ 4,4 bilhões

O objetivo da gigante de telecom é crescer na área de vídeos para mobile e publicidade.