Três hospitais peruanos assinaram contrato com a MV em 2016. Foto: sauderangizzz/Shutterstock.

Três hospitais peruanos assinaram contrato com a MV em 2016. Como parte da rede médica mundial que pertence à Igreja Adventista do Sétimo Dia, a Clinica Americana de Juliaca, a Clinica Good Hope e a Clinica Ana Stahl decidiram adotar a plataforma de gestão Soul MV.

Estes são os primeiros clientes da MV no Peru, que também conta com outros 3 clientes fora do Brasil, no Chile, República Dominicana e Angola. A MV ainda está presenta na Colômbia, no México, no Panamá e no Uruguai por meio de representantes comerciais. No Chile, há também uma filial.

Com 90 anos de existência, a Clinica Americana é referência na cidade de Juliaca – capital da Província de São Romão, sudeste do Peru. Contando com 44 leitos, é a única instituição privada com unidade de cuidados intensivos na região.

Já a Clinica Good Hope, há 68 anos localizada em Miraflores – um dos distritos que compõem a Província de Lima, possui 120 leitos. 

A Clinica Ana Stahl, com 89 anos, fica em Iquitos – capital do Departamento de Loreto e da Província de Maynas na Amazônia Peruana, possui 40 leitos.

De acordo com o diretor de Negócios Internacionais da MV, Marcos Sobral, o Peru é um país que tem apresentado nos últimos anos crescimento na saúde. 

“Assim como o Brasil, há um setor público dominante. Porém, o setor privado tem peso significativo na prestação de serviços de saúde”, diz.

O Peru passa por um momento de crescimento. Em 2015, a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) do país alcançou 3,26%, ficando acima das expectativas das entidades financeiras internacionais. O FMI, por exemplo, havia previsto um crescimento de 2,8% para o período.

Contando com mais de 750 hospitais e clínicas em todo o mundo, a Igreja Adventista do Sétimo Dia é parceira da MV também no Brasil. Presente ainda em outros países, como Argentina, Chile, Equador e Paraguai, a instituição religiosa estimula a adoção das soluções MV por observar melhorias na gestão da saúde brasileira.     

A MV é hoje uma das maiores empresas de software para saúde no país. Em 2014, a companhia alcançou uma receita líquida de R$ 161 milhões no ano passado, alta de 20% frente a 2013. A meta divulgada para 2015 foi de crescer novamente 20%, chegando a R$ 193 milhões.

Com mais de 800 clientes no Brasil, na África e na América Latina - entre hospitais, operadoras de planos de saúde e saúde pública – a MV conta com um total de 100 mil médicos e 250 mil profissionais usando as plataformas da empresa.