Caixas do Zaffari. Foto: divulgação.

Os terminais de self-checkout que a rede de supermercados Zaffari instalou em uma unidade de Porto Alegre no final do ano passado são da gaúcha Perto.

É o que é possível inferir com facilidade de uma nota divulgada pela Perto para a imprensa recentemente, afirmando que a novidade está em uso “na principal rede gaúcha de supermercados”.

Como o Zaffari é a principal rede de supermercados do Rio Grande do Sul, e, além do mais, nenhuma outra rede relevante adotou a novidade ainda no estado, fica fácil ligar os pontinhos.

As caixas sem atendentes, nos quais os próprios usuários passam as compras pelo leitor de código de barras e realizam o pagamento com cartão, estão em funcionamento no Zaffari Higienópolis, em uma área nobre de Porto Alegre.

É possível passar até 10 itens e pagar com cartão. O Zaffari é uma empresa notoriamente discreta em relação a divulgação das suas estratégias de negócios, não falando ela mesma nada sobre planos nem deixando fornecedores usarem seu nome.

Self-checkout  já é uma realidade no varejo de países mais desenvolvidos, onde a necessidade de cortar custos é mais premente. 

Nos últimos tempos, vem surgindo informações sobre planos da Amazon de eliminar o check out totalmente nas suas lojas físicas, usando pagamentos móveis.

No Brasil, no entanto, a tendência está ainda nos primeiros passos. Além do Zaffari, a Perto já tem suas máquinas implantadas em outras duas cadeias de menor porte: a ZES Supermercados, de Carazinho, no interior gaúcho, e a Caitá, no interior catarinense.

"O Brasil ainda não tinha tanta tradição no autoatendimento em supermercados, mas percebemos que os consumidores gostam da facilidade e as redes que investiram na tecnologia estão muito satisfeitas. Com certeza 2017 reserva ótimos negócios com esta novidade em todo país", afirma a gerente Comercial da Perto, Belques Silveira.