FINTECH

EMX abre escritório no Brasil

10/03/2020 14:50

Startup americana tem plataforma de derivativos de criptomoedas.

Jim Bai, CEO e fundador da EMX, e Rafael Noguerol, country manager da empresa no Brasil. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A EMX, fintech americana com plataforma de derivativos de criptomoedas, acaba de abrir um escritório no Brasil. A cidade escolhida foi São Paulo.

Para liderar a operação local, a empresa escolheu o brasileiro Rafael Noguerol, até então gerente de comunidade e crescimento da empresa.

Anteriormente, Noguerol trabalhou por dois anos na Walltime, startup brasileira que também atua no mercado de ativos digitais.

O novo country manager cursou engenharia de controle e automação na UFSC e também estudou administração em Portugal e economia na Alemanha.

Segundo a EMX, o processo de incorporação no país deve ser finalizado nas próximas semanas, como a meta de expandir as operações e base de clientes na região, além de abrir uma mesa de negociação balcão (OTC).

Desde julho de 2019, a plataforma de derivativos global da empresa está disponível em língua portuguesa, contando com suporte ao cliente no idioma.

A EMX foi fundada em 2017 por Jim Bai, ex-Citigroup, e Craig Austin, ex-AQR Capital Management.

No ano passado, lançou seu produto ao mercado e recebeu US$ 1 milhão em investimento da Bain Capital Ventures e de Jaan Tallinn, cofundador do Skype.

Veja também

DADOS
LGPD: 62% não estão conformes

Das 400 empresas que fizeram a avaliação online da ABES, só 40% estavam conformes.

FOCO
Linx tem novo comercial em Big Retail

Executiva com muita experiência em pagamentos assume posição focada em grandes clientes.

TECHFIN
Cliente Totvs tem crédito consignado na folha

Gigante de ERP fechou um acordo com banco BV e Creditas para empréstimos.

DIN DIN
Matera leva aporte de R$ 100 milhões

Kinea Private Equity aposta em empresa especializada em software de core banking.

DUREZA
CSO dura dois anos no cargo

Pesquisa aponta stress, falta de influência e trabalho demais entre profissionais de segurança.

MERCADO
Unicórnios no Brasil

Startups avaliadas em mais de US$ 1 bilhão estão tornando mais frequentes no país.

CORRIDA PELAS FINTECHS
Via Varejo adquire controle do banQi

Empresa utilizava os serviços da startup de meios de pagamento desde o ano passado.

MAIS UMA
Linx compra Neemo, dona do Delivery App

Aquisição é mais um passo para reforçar a estratégia de cross selling da empresa. 

FINTECH
Linx adquire PinPag

Transação pode chegar a R$ 200 milhões até 2022.

FINTECH
TradeMachine recebe aporte de R$ 2,2 milhões

Com investimento da Energhias, startup pretende triplicar operação.