Paulo César Alves. Foto: Divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

O Seprorgs, sindicato patronal de TI do Rio Grande do Sul, acaba de abrir uma regional em Uruguaiana, um município na fronteira do estado com o Uruguai e a Argentina, distante 650 quilômetros da capital.

A nova regional será comandada por Paulo César Alves, que também dirige a empresa Alamo e inclui uma série de cidades da região da fronteira, como Alegrete,  Santana do Livramento, São Borja e São Gabriel.

De acordo com o sindicato, a região abriga cerca de 100 empresas de tecnologia.

“Trabalharemos fortemente por estes negócios. Queremos que os empresários e empresárias percebam o valor de estarem em parceria com a entidade, com benefícios como a representatividade junto aos órgãos públicos, o networking, a possibilidade de utilização do Instituto Caldeira, onde fica nossa sede, além do acesso a convênios que dão descontos e condições especiais em produtos e serviços dos mais diversos segmentos”, ressalta Alves.

O Instituto Caldeira é um badalado hub de inovação criado em Porto Alegre por grandes empresas gaúchas, para o qual o Serprogs transferiu recentemente a sua sede.

Uruguaiana é a quinta regional instalada pelo Seprorgs, que ao longo dos anos já havia aberto atuações em Caxias do Sul, Santa Maria, Pelotas e Santa Rosa, todas cidades chave em diferentes regiões do Rio Grande do Sul.