Com FH no fisco e tributos, Grupo Boticário relaxa. Foto: Flickr.com/wcampelo

O Grupo Boticário, que controla as unidades de negócio O Boticário, Eudora, Quem disse, berenice?, The Beauty Box e Skingen Inteligência Genética e faturou R$ 5,5 bilhões em 2011, contratou o Guepardo, software da paranaense FH Consulting para gerenciamento fiscal e tributário.

Usuária do SAP desde 2004 e atendida pela FH, parceira SAP, desde 2005, a rede de perfumaria e cosméticos que tem mais de 3,2 mil lojas no país, aplicou a ferramenta ao planejamento e gestão de impostos diretos e indiretos, com integração ao ERP para entrega das obrigações à Receita Federal.

“Antes, só para fazer as apurações mensais do IRPJ e da CSLL, demorávamos de quatro a seis horas extraindo dados do SAP e organizando-os em planilhas Excel. Hoje, com o Guepardo, os dados são trazidos automaticamente para as apurações e temos mais horas para análises, além de eliminarmos riscos de inputs manuais”, relata Renato Soares, coordenador de Tributos Diretos do Grupo Boticário.

Já Luiz Paulo de Franca, coordenador de Tributos Indiretos do grupo, afirma que após a adoção da solução da FH sua equipe passou a realizar operações que não havia conseguido em sete anos utilizando outros produtos.

“O sistema anterior apresentava diversos problemas de sincronismo com o SAP. O processo de atualização era muito problemático. Além disso, a insatisfação com o suporte e prazos de entrega motivaram a busca por uma solução fiscal completa”, destaca Franca.
 
Para ele, a questão dos prazos foi determinante na escolha da ferramenta.

"Antes do Guepardo tínhamos cinco pessoas dedicadas à apuração do PIS/Cofins e geração do SPED  Contribuições. Hoje, temos apenas duas, e o prazo de fechamento diminuiu”, comenta Idevaldo Mathias, coordenador de Sistemas Corporativos de TI do Boticário, foi o gerente do projeto.

Para ele, as vantagens de ter uma solução integrada dentro da plataforma SAP são vistas na prática.

“Com a solução anterior éramos obrigados a manter um banco de dados diferente de todos os outros sistemas usados pelo grupo, o que gerava custos adicionais e dificuldades na manutenção do sistema”, comenta o gestor de TI.

Com o Guepardo, a empresa manteve o landscape mais homogêneo, com agilidade na manutenção de usuários, perfis, monitoramento via Solution Manager e integração nativa com a plataforma SAP.

Incrementos importantes à gestão e à produtividade de uma empresa que vive um momento de investimentos.

Há pouco, o Grupo Boticário inaugurou um Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em São José dos Pinhais, na Grande Curitiba, com investimento de R$ 37 milhões.

Com mais de 8 mil metros quadrados de área construída, o empreendimento comporta, inicialmente, uma equipe de 230 pessoas dedicadas à inovação em produtos de beleza.

“O empreendimento que temos aqui hoje é compatível com o que há de mais avançado no mundo, dentro do segmento de perfumaria e cosméticos”, afirma o presidente do grupo paranaense, Artur Grynbaum.