Intel fornece chip para tablet nacional. Foto: divulgação.

Intensificando sua investida no mercado de chips para dispositivos móveis, a Intel anunciou nesta quinta-feira, 10, uma parceria nacional com a Digital Life (DL) para o lançamento do X-Pro, primeiro tablet de fabricação local a contar com chip da marca.

O tablet utilizará um processador da família Atom, usado também em smartphones, terá 8GB de memória e preço sugerido de R$ 449, preço competitivo entre os tablets de entrada, na faixa de R$ 200 e R$ 600.

Segundo Steve Long, diretor-geral da Intel para América Latina, a parceria com a DL é a primeira da companhia no Brasil, o plano é ter mais modelos disponíveis no país até o fim do ano.

"A Intel decidiu escolher a companhia que mais vende tablets no país para aprender a redesenhar os processadores e atender melhor esse mercado", destacou Long.

Líder global no segmento de chips para computadores e servidores, com share de 94% e 98% respectivamente, a fabricante quer intensificar o seu crescimento no mercado móvel, no qual reconhece que entrou tardiamente.

Atualmente, em sua estratégia global, a Intel possui acordos com nomes como Lenovo, Dell, Hewlett-Packard (HP), Samsung, Asus, Toshiba e Acer. Para o segmento de tablets, a meta da companhia é fechar 2014 com 40 milhões de aparelhos vendidos, o equivalente a 15,2% do mercado mundial.

Embora o mercado seja rentável, com um crescimento de 68% no ano passado e um aumento de 47% previsto para 2014, ele é atualmente dominado por chips desenvolvidos com design da britânica ARM. Na parte de fabricação, as principais rivais são AMD, Samsung e Qualcomm, que recentemente iniciou produção no Brasil.

Segundo a GfK, devido aos seus preços reduzidos, a DL lidera o mercado brasileiro em número de vendas de aparelhos, batendo pesos pesados como Samsung e Apple. Em 2013, a DL vendeu 1,5 milhão de tablets e atingiu 17,9% de participação.

De acordo com o presidente da DL, Paulo Xu, as vendas da empresa cresceram 50% no ano passado e o objetivo é incrementar a produção em 67% para 2014, chegando a 2,5 milhões de unidades comercializadas.

O novo tablet com chip Intel começou a ser fabricado esta semana na unidade da fabricante em Santa Rita do Sapucaí (MG), e as vendas devem começar ainda este mês no país.

“A parceria com a Intel é muito estratégica para DL, pois confirma o nosso cuidado em oferecer produtos de qualidade a um preço acessível, ou seja, oferecer mais por menos”, ressalta Francisco Hagmeyer Jr., diretor comercial e de marketing da DL.