Marcos Wettreich

A Brasil/CT, empresa do mercado de varejo online, acaba de receber um aporte de R$ 35 milhões da Invest Tech, gestora dos recursos para o mercado de TI do fundo Capital Tech II.

Fundada no fim de 2010 pelo "empreendedor serial" Marcos Wettreich, que tem em seu currículo a participação na criação da iBest, Neoris e B2W, a companhia atua com soluções para os mercados B2B e B2C.

São mais de 5 milhões de clientes finais, e tem em sua carteira companhias como Avon, Disney, Whirlpool, Santander, Tramontina, Mattel, Arno, entre outras.

A Brasil/CT fechou 2015 com faturamento de R$ 134 milhões. A empresa não revela o quanto isso representou de crescimento frente ao ano anterior ou o previsto para 2016, mas projeta chegar a 2018 na casa dos R$ 500 milhões. A companhia também não abre lucro, apenas que está no azul desde 2014.

Com o aporte, a Brasil/CT vai aumentar seu investimento em inovação tecnológica e iniciar aquisições de companhias com portfólio complementar, além de investir em ampliação de ações comerciais. A primeira aquisição já foi concretizada e será anunciada em breve.

A abordagem da Brasil/CT é oferecer o que chama de Full Omni Retail Services, uma plataforma que integra e operacionaliza a expansão de vendas online das empresas, incluindo os principais marketplaces do Brasil e cadeias de lojas físicas.

“Criamos novos canais de comercialização, expandindo as vendas de nossas empresas clientes, o que é fundamental no panorama econômico atual”, avalia Wettreich.

Nas soluções da Brasil/CT são desenvolvidas e gerenciadas a integração desde o ERP do cliente até a entrega do produto ao consumidor, passando pelos processos de gestão comercial, marketing, logística e desenvolvimento tecnológico, de modo customizado para cada cliente.

Esta é a segunda transação societária da Brasil/CT, que recebeu do Banco Santander um aporte de compra de participação societária em 2011.

De acordo com a ABComm, em 2015, o setor de e-commerce cresceu 22% em relação ao ano anterior e obteve um faturamento de R$ 48,2 bilhões. 

O Capital Tech II é o segundo Fundo de Investimento em Participações (FIP) da Invest Tech, com capital comprometido de R$ 209 milhões vindo de investidores como CAF e Grupo Telefónica, FINEP e BNDES.

Já a Invest Tech gerencia R$ 240 milhões em fundos de venture capital e private equity, captados junto a investidores institucionais do Brasil, América Latina, Estados Unidos e Europa, tendo realizado investimentos em empresas como Navita, Huntington, Escol@24Horas, Aker Security Solutions, E-Construmarket, Quality Software, entre outras.