E-commerce para atrair os microempresários. Foto: divulgação.

A Autodesk anunciou o lançamento de sua e-store no Brasil, com a intenção de popularizar seus produtos no mercado de microempresas, com operações de até quatro funcionários.

Na loja, a empresa disponibilizará produtos de entrada com AutoCad LT, Inventor LT e Schetckbook Pro, que poderão ser adquiridos na sua versão tradicional ou por meio de assinatura.

Primeiro país da América Latina a receber a loja virtual da marca, o Brasil tem um mercado interessante de microempresários, segundo destaca a fabricante. De acordo com dados do IBGE, empresas de arquitetura, engenharia e design representam 1,2% do mercado de microempresas.

Já um estudo do Sinaenco divulgado em 2012 (Sindicato da Arquitetura e Engenharia), afirma que, de todas as empresas do setor de arquitetura e engenharia, 85% se enquadra na classificação.

Segundo Celso Previdelli, diretor de Canais da Autodesk para América Latina a Autodesk atende a empresas de todos os setores e tamanhos e busca a melhor forma de falar com cada uma delas. Por isso a estratégia de e-commerce foi adotada para atender ao mercado de microempresas.

“Nossa experiência nos ensinou algumas peculiaridades do comportamento de compra do microempresário. A principal delas é a praticidade em todos os aspectos, desde o canal até a forma de pagamento”, afirma  Previdelli.

A empresa já tem lojas virtuais em mais 12 países: Estados Unidos, Reino Unido, Itália, Suiça, França, Alemanha, Japão. Austrália, Nova Zelândia, Coreia e Cingapura.