BRASÍLIA

Marcos Pereira, do PRB, preside conselho da Softex

10/06/2019 04:15

Pereira é um dos expoentes da bancada evangélica no Congresso Nacional.

Marcos Pereira. Foto: Agência Brasil.

Tamanho da fonte: -A+A

O deputado federal Marcos Pereira, presidente do PRB e um dos expoentes da bancada evangélica no Congresso Nacional, acaba de ser eleito presidente do Conselho de Administração da Softex, uma OSCIP focada na promoção do setor de software brasileiro.

Pereira foi ministro de Indústria, Comércio Exterior e Serviços durante o governo Michel Temer (PMDB). O PRB integra hoje a base de apoio do governo Jair Bolsonaro (PSL).

Na solenidade de posse, Marcos Pereira destacou ser urgente “não só a redefinição das políticas públicas para o setor de TIC, mas também o redesenho da própria atuação do poder público”.

O novo presidente do conselho da Softex tem experiência administrativa dentro de empresas ligadas à Igreja Universal: foi vice presidente da Rede Record e diretor do Banco A.J. Renner S/A.

Pereira foi eleito por um conselho que combina representantes de órgãos de governo ligados à ciência e tecnologia, como a Finep e Ministério de Ciência e Tecnologia, representantes de entidades do setor como Assespro e SBC, além dos operadoradores regionais da Softex, como a Riosoft, Senai Londrina e Softex Recife.

A presidência da Softex segue com Ruben Delgado, no cargo desde 2011.

Criada há quase 20 anos, a Softex é o equivalente para o setor de tecnologia da agência de promoção de exportações Apex, operando programas como o Startup Brasil, de financiamento de startups, ou missões empresariais de empresas de tecnologia em feiras mundo à fora.

A transição de governo na Softex, no entanto, parece ter ocorrido de maneira muito mais suave do que a da Apex, que desde o começo do governo Bolsonaro já teve três presidentes e uma série de histórias bizarras.

Veja também

PARANÁ
Maringá terá parque tecnológico

Maringá acaba de destinar uma área de 120 mil metros quadrados para um futuro parque.

BRASÍLIA
Apex: hacker japonês espiona presidente?

Presidente demitido de caótica agência estatal acha que era espionado por hacker.

SINAL DOS TEMPOS
Acabou a Cebit, super feira de TI

Feira de tecnologia que marcou época foi cancelada, em meio a queda de público e desinteresse de expositores.

ACELERADORAS
Wayra e Liga à frente do BNDES Garagem

Nessa primeira fase, o BNDES Garagem será executado no coworking WeWork Carioca.

INVESTIMENTO
Domo gere fundo anjo do BNDES

O fundo colocará até R$ 500 mil em startups com faturamento anual inferior a R$ 1 milhão.

PLANOS
Maringá fomenta exportação de TI

A Software by Maringá apoiará a internacionalização de 10 empresas de TI sediadas na cidade.

ESTUDO
Menos mulheres atuando em TI

Número total de profissionais aumentou, mas porcentagem ficou menor entre 2007 e 2017.

GESTÃO
Apex: diretores barram presidente

Não gosta do seu chefe? Que tal barrar ele atrás de uma porta de vidro temperado?

SEGURANÇA
Hacker invade celular de Moro

Invasor usou o celular do ministro por pelo menos seis horas.

INOVAÇÃO
Farroupilha terá unidade do Zenit

Parque tecnológico da UFRGS ficará em um terreno doado pela cidade na Serra.

ESTADOS UNIDOS
Neoway premiada junto com Bolsonaro

Empresa foi destacada em premiação que gerou confusão em Nova Iorque.

FIM?
Fórum de Software Livre acabou em Porto Alegre

Evento terá novo local, data e formato a serem anunciados até o fim do semestre.

FUTURO
Ceitec parte para o ataque

Estatal de chips instalada em Porto Alegre anuncia acordo com a Pirelli.

SEGURANÇA
CNJ tem vazamento de dados

Ataque hacker acontece no meio de debate sobre contrato do TJ-SP com a Microsoft.