Foto: flickr.com/photos/interact_album

A Oi assinou contrato com a Alcatel-Lucent para ser a integradora dos equipamentos de seu serviço de IPTV, que será lançado no segundo semestre deste ano.

Não foi revelado o valor do contrato.

Além da Alcatel, a operadora selecionou plataforma Mediaroom da Microsoft.
 
A estratégia da Oi para o lançamento de IPTV é fundamentada em estudo de mercado que identifica a demanda do serviço em 20 cidades, de todas as regiões do país, além de Rio de Janeiro e Belo Horizonte, já anunciadas.

O lançamento será realizado de forma gradativa e os nomes das demais localidades ainda são considerados informação confidencial, para empresa.

Também como parte da iniciativa, a Oi está investindo para implantar uma nova rede de fibra óptica, que conectará as residências de clientes e oferecerá acesso à Internet em altíssima velocidade e telefonia fixa.

Nessa segunda-feira, 09, a empresa anunciou investimentos de R$ 641 milhões apenas no Sul.
 
“A IPTV possibilita a geração de receita para a companhia com ofertas de serviços de valor adicionado, tais como videos on demand (VOD). Com esse novo serviço, a Oi fortalece sua estratégia de ofertas convergentes”, afirma o diretor de Segmentos da Oi, Eduardo Aspesi.
 
Aspesi lembra que, com a IPTV, os usuários podem assistir videos on demand (VOD), “voltar no tempo” e assistir a um programa que já passou (catch up TV), interagir com suas redes sociais e fazer gravações em todos os pontos de TV da casa.
 
Para permitir que a Oi forneça uma experiência superior de IPTV em plataformas que incluem aparelhos com sistema operacional  Android (Google) e IOs (Apple) a Alcatel-Lucent vai fornecer o Content Delivey Network (Velocix), o serviço de gestão de qualidade (Motive) e suas tecnologias de acesso VDSL2 (Cobre) e GPON (Fibra-Ótica).

A companhia também será responsável pela integração da solução Microsoft Mediaroom para IPTV.