Peter Sunde. foto: divulgação.

Você quer continuar a se relacionar com seus amigos pela web e seu smartphone, mas está preocupado com a privacidade de suas informações? Peter Sunde, um dos fundadores do The Pirate Bay, está com um plano que pode lhe agradar.

O sueco, em parceria com outros dois conterrâneos programadores - Linus Olsson e Leif Hogberg, lançou esta semana o projeto de crowdfunding Heml.is, um serviço de mensageria com tecnologia para escapar de programas de monitoramento, governamentais ou não.

O programa, cujo nome significa "segredo" em sueco, será gratuito e usará recursos de encriptação fim-a-fim, garantindo que somente quem manda e recebe as mensagens, terão acesso a elas.

Para isso, Sunde e seus colegas esperam levantar pelo menos US$ 100 mil. Cerca de US$ 20 mil já foram arrecadados, conforme destaca o site norte-americano The Next Web. O app terá versões para Android e iOS.

Segundo os programadores, nenhum software de monitoramento governamental, como o PRISM - programa revelado pelo ex-técnico da CIA Edward Snowden - será capaz de invadir o Heml.is.

"Todas as comunicações nas atuais redes são monitoradas por agências governamentais e companhias privadas. Por isso decidimos criar uma plataforma na qual ninguém poderá espionar você, nem a gente", fala Sunde na descrição do projeto.

Além do financiamento coletivo, a ferramenta contará com outras alternativas de renda para se manter, como cobrar por recursos avançados de interatividade, como vídeochamadas ou envio de arquivos e fotos.

Por enquanto, no site da iniciativa, o público pode colaborar com valores desde US$ 5 para receber códigos de instalação em seu smartphone. As contribuições podem ser feitas por PayPal, BitCoin ou Flattr.