Bill Maris, sócio-gerente do Google Ventures.

O Google Ventures, braço financeiro da empresa de internet para investimento em companhias iniciantes de capital fechado, anunciou a abertura de um escritório em Londres. O primeiro movimento da unidade será investir US $ 100 milhões nas “melhores idéias dos melhores empresários europeus", segundo o Google.

O comunicado divulgado ontem à noite sobre o assunto afirma que o cenário para as startups na região é de “enorme potencial”. A companhia citou algumas iniciativas recentes em tecnologia para sustentar seu argumento, como SoundCloud e Spotify.

Bill Maris, sócio-gerente do Google Ventures, disse ao FinancialTimes que ainda não está claro quantos investimentos o fundo irá fazer na Europa, ou o tamanho ou tipo. Também não é claro em que período os US $ 100 milhões serão investidos. 

"Se você olhar para os EUA, investimos em todas as fases e em todos os setores. Não se trata de quantos investimentos fazemos, mas o impacto que essas empresas têm”, completou.

A medida contribui com a enxurrada de capital que começa a atingir a cena européia de tecnologia. 

Em junho, a Index Ventures lançou um fundo de € 400 milhões dedicados a empresas de tecnologia em estágio inicial na Europa. 

Em 2013, os escritórios de Londres do Grupo Accel Partners, do Vale do Silício, apresentaram um valor de US$ 475 milhões para a região. 

A Google Ventures disse que o investimento inicial de US$ 100 milhões pode subir ao longo do tempo, dependendo do seu sucesso.