Wilson Grava.

Wilson Grava é o novo vice-presidente e gerente geral da Pure Storage para a América Latina. Entre maio de 2011 e junho de 2014, o executivo desempenhou função semelhante na NetApp.

O executivo foi foi durante cinco anos vice-presidente da Symantec para a região. Ele também atuou em posições de liderança na CA Technologies.

As duas empresas concorrem pelo mercado de armazenamento. Aparentemente, também vivem cenários um pouco distintos.

Enquanto a nova casa de Grava, fundada em 2009, ainda ostenta ares de startup; a antiga é considerada uma das três principais fabricantes desse segmento, com faturamento de US$ 1,5 bilhão no último ano fiscal, encerrado em agosto de 2013.

A Pure Storage não revela faturamento, apenas que cresceu 700% no ano passado. A empresa levantou US$ 150 milhões de fundos em agosto, no que foi considerado o maior aporte já feito em uma companhia de storage.

Há algumas semanas a Pure Storage adquiriu marca de 100 patentes de produtos da IBM. A negociação, cujo valor não foi revelado,  melhora a posição da organização em um mercado que se move em direção a memória Flash e nuvem.

Do outro lado, a NetApp passou por um período de turbulência. Em fevereiro, a companhia revelou que demitiria 600 colaboradores ao redor do mundo. 

As mudanças chegaram no Brasil, com uma troca de country managers. Nesse processo Wagner Tadeu, ex-Symantec, assumiu a posição de Marcos Café.  

Para completar o cenário, em maio a IBM, responsável por 2% da receita da companhia, decidiu parar de vender os produtos da NetApp e focar nas suas soluções.