Piero Contezini, CEO da Asaas. Foto: Divulgação.

A Asaas, startup catarinense de geração de boletos online, acaba de adquirir ezBill, também de Santa Catarina, para expandir sua carteira nacional de clientes. Com a fusão, o faturamento e a base de usuários da Asaas devem aumentar em 20%.

Com isso, a Asaas alcança o número de 1,2 mil cilentes. Cerca de 20% deles estão concentrados em Santa Catarina.

O foco de atuação da ezBill é mesmo da Asaas, que atende empresas prestadores de serviço e micro empreendedores individuais. No sistema, o usuário pode gerar cobranças que são automaticamente enviadas por e-mail e SMS aos clientes. 

De acordo com o último relatório da ezBill, a empresa gera entre 1 mil e 2 mil cobranças mensais. O Asaas é responsável por transacionar mais de R$ 2 milhões mensalmente para os seus clientes.

A startup espera atingir em 2015 um volume de transações cinco vezes superior ao de 2014. Além disso, até o final do ano a Asaas prevê o aumento do número de colaboradores, passando de 18 para 25.

Criada em 2013 como uma solução de emissão e gestão de pagamento de boletos, a Asaas já recebeu investimentos de R$ 3,6 milhões vindo de anjos e do fundo CVentures Primus. 

A partir do aporte, a Asaas estabeleceu a meta de se consolidar como o maior player da América Latina no segmento de cobranças pague-pelo-uso até 2025. 

“O processo de incorporar ativos de outra empresa nos ensinou uma prática que com certeza será repetida para crescermos rapidamente no médio prazo”, conta Piero Contezini, CEO da Asaas.

Segundo Contezini, a empresa pensará em uma nova aquisição no segundo semestre de 2016, procurando empresas nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, pois não tem mais concorrentes em Santa Catarina.

“Com a aquisição, os atuais clientes da ezBill também terão vantagens. Além da devolução do dinheiro em até 48 horas, a Asaas possui funcionalidades adicionais como o envio de faturas via SMS e opções de pagamento de boleto por depósito, transferência ou cartão de crédito”, relata Contezini.

A Asaas é uma spin-off da empresa Informant, que também deu origem à ContaAzul, empresa que recebeu cinco aportes de fundo de investimentos nos últimos anos, focando em aumento de escala e marketing. 

Em 2015, por exemplo, a ContaAzul recebeu R$ 20 milhões do fundo internacional Tiger Global para desenvolver novas aplicações. A empresa é uma desenvolvedora de ERP na nuvem para empresas de pequeno e médio porte.

Com a venda da exBill, os fundadores da companhia agora passam a se dedicar exclusivamente à sua nova startup, o Sistema Hiper. 

"Criamos uma solução de baixo custo para frente de caixa e gestão de lojas que é usada por 3 mil clientes em todo o Brasil. O capital que ganhamos com a venda será reinvestido no nosso novo negócio", conta Tiago Vailati, CEO da Hiper.